Contrato da vacina de Oxford com o Ministério da Saúde na mira da Câmara

A vacina contra o coronavírus que será produzida pela Fiocruz será tema de uma audiência pública na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, com o objetivo de apresentar as últimas atualizações sobre as pesquisas e o atual cronograma para a produção do medicamento, feito em parceria com a universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca.

Deputados que participarão da audiência devem questionar a Fiocruz e o Ministério da Saúde sobre o contrato para a produção de 100 milhões de doses assinado no último dia 8 — sem que houvesse, por exemplo, cerimônia pública, como havia previsão de acontecer.

Os parlamentares também querem saber quais foram os termos do contrato firmado. O Radar mostrou que a assinatura do documento foi adiada depois que o Ministério da Saúde pediu para que a Fiocruz refizesse o contrato.

A produção da vacina, denominada ChAdOx1 nCoV-19, está sendo viabilizada pela MP 994/2020, publicada em 7 de agosto, que abre crédito extraordinário de 1,9 bilhão de reais para o Ministério da Saúde. O debate ocorre a partir das 10h na Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...