Covid-19: letalidade da doença caiu quatro pontos percentuais desde maio

A taxa de letalidade no Brasil da Covid-19 nesta segunda-feira, 12, está em 2,9%, um número quatro pontos percentuais menor do que o aferido em 3 de maio, quando os indicadores apontavam para 6,9%. Trata-se de um patamar que passou por uma franca redução ao longo da pandemia. Em agosto, por exemplo, a taxa estava em 3,4%.

Leia nesta edição: os planos do presidente para o Supremo. E mais: as profundas transformações provocadas no cotidiano pela pandemiaVEJA/VEJA

De acordo com os dados disponibilizados na plataforma digital da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, a letalidade mundial está em 2,8%, ligeiramente inferior ao aferido no Brasil. Este cálculo é baseado na taxa de mortes em decorrência da doença sobre o número de diagnósticos confirmados, deste modo é possível ter uma ideia aproximada da gravidade da doença e da eficácia dos tratamentos disponíveis. No caso da Covid-19, a redução da letalidade também aponta para outro avanço ao longo da pandemia: o aumento do número de testes, que permitiu um maior monitoramento da infecção.

Em agosto, a Organização Mundial da Saúde estimou que a real letalidade do coronavírus globalmente seria inferior aos números conhecidos, algo em torno de 0,6%. O número, no entanto, é alto se comparado com o que foi aferido durante a pandemia de H1N1 em 2009, quando a taxa de doentes que vinham a óbito era de 0,01%.

Atualmente, o Brasil tem 5.103.408 casos e 150.689 mortos registrados pela doença, de acordo com o Ministério da Saúde. Nesta segunda-feira, 12, a média móvel de novas notificações da doença foi de 25.167,6 e a de novos óbitos de 573,4. A média móvel semanal é calculada a partir da soma do número de casos e mortes nos últimos sete dias, dividida por sete – o que permite uma melhor avaliação ao encontrar um número comum de registros ao longo do período avaliado.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...