CPI ouve nesta terça reverendo que intermediou negociação de vacinas

A CPI da Pandemia retoma os trabalhos nesta terça-feira, 3, com o depoimento do reverendo Amilton Gomes de Paula, apontado por representantes da Davati Medical Supply como um “intermediador” entre o governo federal e empresas que ofertavam vacinas contra a Covid-19.

O reverendo é presidente de uma entidade privada chamada Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários (Senah) e recebeu em fevereiro autorização do Ministério da Saúde para negociar 400 milhões de doses de imunizantes da AstraZeneca.

Mensagens obtidas pela CPI no celular do cabo da Polícia Militar Luiz Paulo Dominguetti mostram, como revelou a coluna RADAR, que o reverendo era visto pelos integrantes do grupo de supostos vendedores de vacina como alguém com acesso direto ao presidente Jair Bolsonaro.

Além de ter supostamente se reunido com o presidente no Planalto, ele teria mantido contatos com a primeira-dama Michelle Bolsonaro para mediar seu acesso ao gabinete mais importante da República.

O REQUERIMENTO

A convocação de Amilton atende pedido do vice-presidente do colegiado, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). O depoimento do religioso estava marcado anteriormente para o dia 14 de julho, mas foi adiado por questões de saúde de Amilton de Paula. Ele apresentou um atestado médico alegando problemas renais, o que foi confirmado por perícia médica do Senado.

Recuperado, Amilton comparece ao Senado munido de um habeas corpus concedido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, que autorizou o silêncio parcial de Amilton Gomes de Paula. O depoente não precisa responder questionamentos que possam incriminá-lo. Fux negou o pedido apresentado pela defesa de Amilton de não comparecer ou se retirar da sessão.

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...