Deputados que votaram contra fundo eleitoral se viram nessa campanha

Quem se lembra dessa história? Deputados que votaram contra o fundo eleitoral no Congresso Nacional se recusaram, durante a aprovação dessa matéria, a fazer uso desse recurso nas campanhas.

Agora, sem acesso a esse dinheiro, esses parlamentares estão se virando para repassar dinheiro para seus aliados nas suas bases eleitorais.

É o caso, por exemplo, do deputado Jerônimo Goergen (PP-RS). Seu partido, como sabido o deixou à míngua.

“Os candidatos que eu apoio não terão dinheiro com esta origem para usarem nas campanhas. Então temos que fazer o que está ao nosso alcance e que exige apenas boa vontade e dedicação pessoal como por exemplo gravar vídeos para enviar a candidatos a prefeito, vice e vereador. Já estou chegando a 900 editados”, disse Goergen.

Para ele, como se trata de dinheiro público, é que a divisão desse bolo, que é dinheiro público, fosse igual.

“Mas não. Os que votaram favoravelmente a criação do financiamento público no nosso partido terão até 3 milhões e 600 mil para indicar a quem bem entenderem e assim fidelizar cabos eleitorais com o dinheiro do cidadão em meio a uma pandemia”.

 

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...