Lava-Jato mira grupo de Cid Gomes no Ceará por propina da JBS

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta a Operação Marquetagem para cumprir 17 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Eleitoral de Fortaleza. Os alvos estão na capital cearense, em São Paulo (SP) e Salvador (BA).

A investigação foi aberta a partir da delação premiada de Joesley Batista, que revelou o pagamento de propina milionária ao grupo de Cid Gomes em troca da liberação de créditos de ICMS legítimos do grupo JBS no estado.

O pagamento de 25 milhões de reais se deu, segundo a delação, por meio da simulação da prestação de serviços publicitários e do uso de notas fiscais frias, “bem como através de doações oficiais para campanhas eleitorais nos anos de 2010 e 2014”, diz a PF.

Os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral, corrupção, lavagem de dinheiro e integrar organização criminosa.

Na delação, o ex-diretor da J&F Ricardo Saud narra que, “entre junho e julho de 2014, o então governador do Ceará, Cid Gomes, esteve na sede da JBS em São Paulo e pediu a Joesley Batista e Wesley Batista contribuição para a campanha de Camilo Sobreira de Santana ao governo do estado”.

Segundo o delator, Wesley “ponderou que o Ceará devia à JBS, no âmbito do programa Proapi, R$ 110.404.703,61, em restituição de créditos de ICMS e que, por isso, seria difícil contribuir”. O delator lembra que Cid pediu a Wesley que refletisse sobre o pedido e se retirou. A delação segue:

“Cerca de duas semanas depois, o Deputado Federal pelo PROS/CE Antonio Balhmann, junto com Arialdo Pinho, Secretário de Estado do Ceará, procurou WB na sede da JBS em São Paulo, com a proposta de liberação da integralidade dos créditos de ICMS a que fazia jus a empresa em troca de 20 milhões de reais, alegando que o dinheiro se destinaria à campanha eleitoral. WB aquiesceu e ordenou todos os pagamentos conforme orientação de Antonio Bahlmann e Arialdo Pinho; a JBS recebeu, entre agosto e TEMPO de 2014, R$ 97.519.723,27 em restituição
LEGíTIMOS créditos de ICMS”, diz Saud.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...