Moraes deve incluir Bolsonaro no inquérito das fake news

Depois de o TSE aprovar na segunda um pedido para que Jair Bolsonaro passe a ser investigado por atacar com mentiras a legitimidade das eleições, o ministro Alexandre de Moraes, que é relator do inquérito das fake news no Supremo, deve oficializar a inclusão do presidente no caso nesta quarta.

Colegas do ministro na Corte avaliam que a investigação contra Bolsonaro é fato consumado, já que o próprio Moraes, como ministro do TSE, aprovou o pedido que agora, ele próprio, irá analisar no Supremo.

A dúvida na Corte é se o ministro irá ouvir a PGR antes de decidir sobre a inclusão do presidente no inquérito ou se tomará a decisão diretamente sem provocar Augusto Aras.

Bolsonaro já é investigado no inquérito da interferência na Polícia Federal, aberto a partir de acusações de Sergio Moro, e no inquérito da possível prevaricação no caso das vacinas.

Uma série de bolsonaristas já é investigada no caso das fake news justamente por propagar informações falsas contra instituições e o regime democrático.

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...