Taís Araújo será chefe de produtos sociais na Gerando Falcões de Edu Lyra

“Pedi um emprego na Gerando Falcões e ganhei!”, brinca a atriz Taís Araújo, que virou chefe de produtos sociais da ONG Gerando Falcões, do empreendedor social Eduardo Lyra. A atriz diz que estava em busca de ONGs que pudesse ajudar até que encontrou o projeto de Lyra. A Gerando Falcões atua com educação, desenvolvimento econômico e cidadania nas favelas brasileiras e há anos vêm obtendo o apoio de dezenas dos maiores empresários do país. Com a pandemia, a ONG ficou ainda mais evidência ao angariar recursos para distribuir um cartão para compra de produtos essenciais em favelas de todo o país. Recentemente, Taís virou embaixadora e colaboradora do Banco BV, que vai apoiar o primeiro trabalho da atriz na Gerando Falcões. A primeira ação será a participação de um filme publicitário para promover o bazar-escola, uma iniciativa que arrecada doações de móveis, eletrodomésticos, livros, roupas e calçados para serem vendidos a preços até 70% mais barato. 

Artigo anteriorCharge do JCaesar
Próximo artigoO truque de Bolsonaro 

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...