Vale localiza trinca em barragem que rompeu em Brumadinho

A Vale informou nesta quinta que localizou uma trinca numa estrutura remanescente da barragem da mina de Córrego de Feijão, em Brumadinho. Foi essa mina que, em janeiro de 2019, rompeu e acarretou a morte de 259 pessoas.

Durante a inspeção de rotina, informa a empresa, foi constatada essa trinca na ombreira direita.

“Como prevenção e com foco na segurança, a Vale está com uma equipe de técnicos especialistas acompanhando e planejando medidas para serem adotadas”, informou a Vale num comunicado.

Segundo a empresa não há necessidade de remoção dos moradores das comunidades vizinhas, que já estão em segurança, garante.

Por conta da identificação dessa trinca, o Corpo de Bombeiros foi comunicado pela Vale e já suspendeu, nessa área, a atividade de buscas dos corpos de vítimas do rompimento da mina.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...