‘Volta semana que vem’, diz Popeye’s a clientes que buscam lanche viral

A rede de lanchonetes Popeye’s trouxe ao Brasil no último mês um de seus lanches que viraram febre em quase todo o mundo: The Sandwich. E não foi diferente por aqui. As vendas superaram em muito as estimativas da rede e algo inusitado aconteceu. O lanche acabou. Sim. Faltaram ingredientes para confeccionar o sanduíche — principalmente o frango frito, o grande chamariz da rede. Agora a rede jura de pés juntos que o sanduíche voltará a ser comercializado na próxima semana. Até que os clientes acabem com tudo novamente.

A rede conta que The Sandwich já carregava uma fama, porque ele foi lançado ano passado nos Estados Unidos (o primeiro sanduíche de Popeyes por lá) e também esgotou rapidamente. Para valorizar ainda mais, diz que na China as filas chegaram a 4 horas para conseguir um lanche. “Aqui, por conta da pandemia, na primeira semana fizemos a venda apenas um sanduíche por CPF, mas depois que liberamos, a procura foi mto grande. Vendemos mais de 30 mil sanduíches desde 8 de setembro”, diz um porta-voz.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...