Bolsonaro sobre inquérito do TSE: ‘Farão busca e apreensão na minha casa?’

 

O presidente Jair Bolsonaro falou pela primeira vez sobre o inquérito aberto no dia 2 de agosto pelo Tribunal Superior Eleitoral para investigar ameaças ao processo eleitoral e ataques ao sistema eletrônico de votação. As críticas — feitas em entrevista à rádio Capital Notícia, de Cuiabá, nesta segunda-feira, 16 – foram direcionadas ao ministro Luis Felipe Salomão, corregedor do TSE, responsável pela decisão.

“Ele (Salomão) abriu agora um inquérito de fake news sobre a minha pessoa sem ouvir o Ministério Público. Vai mandar fazer uma diligência? Vai fazer uma busca e apreensão na minha casa? Vai me sancionar nas mídias sociais, por acaso? Será que vai chegar a esse ponto?”, questionou.

Antes, ele havia atacado o mesmo Salomão por ter determinado, na segunda-feira, 16, o bloqueio de repasses de publicidade para perfis nas redes sociais que espalhavam fake news sobre a urna eletrônica e o sistema eleitoral brasileira. “Ele está mandando desmonetizar a página de quem diz que as urnas não são confiáveis ou precisam de uma maneira de serem auditadas. É isso que acontece no Brasil: a hipocrisia. Pouca gente tem coragem de falar a verdade. Nós temos que resistir”, disse.

Ele insinuou que Salomão age em conjunto com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, para investigá-lo fora dos limites legais. “Eu tenho que agir dentro das quatro linhas, apesar de alguns, como o senhor Alexandre de Moraes, como o senhor Salomão, do TSE, estão fora das quatro linhas. Agora, onde é o limite disso?”, afirmou.

As declarações vêm no mesmo momento em que articuladores políticos do governo, como o ministro Ciro Nogueira (Casa Civil), e líderes do Congresso, como o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), atuam para jogar água na fervura no confronto entre o presidente e o Judiciário.

 

Mesmo assim, Bolsonaro voltou a dizer na entrevista que pretende encaminhar ao Senado o pedido de impeachment dos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, seus principais alvos no STF.

 

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...