Em reunião com Queiroga, Castro cobra mais doses de vacina

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, está no Rio nesta terça-feira, 3, para quatro agendas oficiais. No fim da manhã, ele esteve em um encontro com o governador do Rio, Cláudio Castro (PL), que é aliado do presidente Jair Bolsonaro e de sua família.

Ao que tudo indica, Castro será o representante do bolsonarismo na eleição ao governo do Rio no ano que vem. É importante para suas ambições eleitorais manter uma boa relação com o presidente e seus auxiliares. Ter o apoio da família Bolsonaro é fundamental para o seu sucesso no pleito de 2022, avaliam políticos próximos. O governador costura alianças locais para tentar ser menos dependente dessa relação. 

Castro sabe que, para o eleitor, contudo, de nada adiantará a benção de Bolsonaro na eleição se ele não puder apresentar bons resultados na gestão da pandemia de Covid-19. E, nesse sentido, a variante Delta, que tem se espalhado rapidamente no estado, inclusive com transmissão comunitária, representa uma possível ameaça aos seus planos. O Rio está avançado na vacinação de primeira dose e o recrudescimento das taxas de transmissão e mortes pelo vírus poderá gerar frustração na população e uma imagem negativa para sua gestão.

Na manhã desta terça, Queiroga ouviu de Castro uma cobrança pela ampliação do envio de doses da vacina contra a Covid-19 para o estado. O governador explicou que, apesar de o Rio não fazer fronteira com outros países, ele recebe muitos estrangeiros.

A variante indiana, por exemplo, já responsável por 20% dos casos de Covid-19 na capital fluminense. No Estado, já foram confirmados 98 casos da variante. Quatro pessoas já morreram com a cepa na Baixada Fluminense.

spot_img

Ultimas notícias

Renan da Mata comenta sobre sua vida política no Podcast com Jair

Renan da Mata iniciou sua carreira como assessor do ex-deputado federal paranaense Hidekazu Takayama do PSC e, atualmente, tem como foco sua pré-candidatura para...

Brasil chega a 47 casos suspeitos de ‘hepatite misteriosa’ entre crianças

Os órgãos de saúde do Brasil investigam 47 casos suspeitos da chamada hepatite misteriosa. O cenário ainda é de incerteza e a comunidade científica...

Equívoco de Lula

No afã de defender seu candidato a vice, Lula cometeu um grave equívoco. O ex-presidente afirmou em alto e bom som que o ex-tucano...

Escola na Flórida sorteia fuzis, munições e pistolas entre alunos e professores

Uma semana após o tiroteio em uma escola primária no Texas, que causou a morte de 20 crianças e professores, um colégio da Flórida,...

Brasil perde 7,8 mil piscinas olímpicas de água por dia nos sistemas de distribuição

A quantidade da água tratada perdida nos sistemas de distribuição no Brasil representa um volume equivalente a 7,8 mil piscinas olímpicas desperdiçadas diariamente. O...