Lava-Jato ainda espera retomar investigação contra advogados da Fecomércio

A decisão do ministro Gilmar Mendes, do STF, de travar as investigações da Lava-Jato contra bancas de advocacia que estariam envolvidas em crimes delatados por Orlando Diniz, não mudou o roteiro dos investigadores do Rio.

A PGR prometeu recorrer da decisão de Mendes no Supremo. Se conseguir destravar as apurações, a Lava-Jato dará continuidade ao trabalho de perícia nos aparelhos de celular e em chips localizados com investigados.

A Lava-Jato ainda tentava quebrar sigilos desses celulares e chips quando a ordem de Mendes chegou. Os investigadores já localizaram o personagem que seria o carregador de malas do esquema dos advogados. Os dados armazenados no chip de celular dele geram muitas expectativas nos investigadores.

spot_img

Ultimas notícias

Renan da Mata comenta sobre sua vida política no Podcast com Jair

Renan da Mata iniciou sua carreira como assessor do ex-deputado federal paranaense Hidekazu Takayama do PSC e, atualmente, tem como foco sua pré-candidatura para...

Brasil chega a 47 casos suspeitos de ‘hepatite misteriosa’ entre crianças

Os órgãos de saúde do Brasil investigam 47 casos suspeitos da chamada hepatite misteriosa. O cenário ainda é de incerteza e a comunidade científica...

Equívoco de Lula

No afã de defender seu candidato a vice, Lula cometeu um grave equívoco. O ex-presidente afirmou em alto e bom som que o ex-tucano...

Escola na Flórida sorteia fuzis, munições e pistolas entre alunos e professores

Uma semana após o tiroteio em uma escola primária no Texas, que causou a morte de 20 crianças e professores, um colégio da Flórida,...

Brasil perde 7,8 mil piscinas olímpicas de água por dia nos sistemas de distribuição

A quantidade da água tratada perdida nos sistemas de distribuição no Brasil representa um volume equivalente a 7,8 mil piscinas olímpicas desperdiçadas diariamente. O...