Ronaldo Nogueira fala sobre iniciativas para atendimento ao trabalhador que ganham reconhecimento internacional

Plataforma digitais criadas pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia recebem certificado de mérito no Prêmio de Boas Práticas das Américas de 2020

O aplicativo criado pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (Seprt-ME) para substituir o documento físico, a Carteira de Trabalho Digital foi nesta quinta-feira (3) uma das iniciativas vencedoras do concurso Inovação no Setor Público 2020, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap). A ferramenta ficou em primeiro lugar na categoria Inovação em serviços ou políticas públicas no Poder Executivo Federal.

Com o aplicativo, o trabalhador não precisa mais emitir o documento em papel para ser contratado ou para acompanhar as anotações da sua vida laboral. Com a Portaria 1.065, de 29 de setembro de 2019, a Carteira de Trabalho Digital passou a substituir o documento físico de papel, sendo emitida automaticamente para todo brasileiro ou estrangeiro que tenha inscrição no Cadastro das Pessoas Físicas (CPF). Embora o aplicativo tenha sido criado em 2019 na web, o serviço existe desde 2017. Outras duas iniciativas do governo federal voltadas para trabalhadores ganharam reconhecimento internacional.

A Associação Internacional de Seguridade Social (IASS) concedeu certificado de mérito no Prêmio de Boas Práticas das Américas de 2020 da IASS à Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Canpat) e ao Seguro-Desemprego Web, ambos da Secretaria de Trabalho da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Os prêmios foram anunciados durante a Cúpula Virtual das Américas nesta quinta-feira (3).

Em entrevista a Rádio Diário AM 780, o ex-ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que esteve à frente do Ministério do Trabalho quando foi lançada a plataforma digital do Programa Emprega Brasil (que passava oferecer serviços como a Carteira de Trabalho Digital; Sine Fácil 2.0; Seguro-Desemprego Web e a Escola do Trabalhador) falou sobre a premiação.

Ronaldo Nogueira Foto: Arquivo | Diário

“Quando estivemos a frente do Ministério criamos e lançamos o “Emprega Brasil” que é um dispositivo tecnológico com diversos serviços, desde a intermediação da mão de obra onde empregador oferta a vaga, o trabalhador cadastra o currículo e o sistema busca com base no setor, perfil e endereço e procede o agendamento da entrevista. Fico feliz com esta notícia de que o país recebeu premiação internacional na área de inovação de serviços. É uma conquista que coloca o Brasil na vanguarda”, disse Nogueira

Ele atribuiu a iniciativa aos colaboradores de carreira do serviço publico que ao se depararem com a demanda buscaram agregar serviços na plataforma eletrônica para absorver a demanda.

“Em 2016 tínhamos problemas com filas de atendimentos nas agências SINE pois tudo era presencial, através da plataforma os serviços que eram feitos nas agencias passaram a ser feitos de modo eletrônico ou feito o agendamento dos serviços”, comentou Nogueira, que observou que a tendência é de que cada vez mais serviços do poder público sejam ofertados de modo remoto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Ultimas notícias

Desembargador do TRF1 revoga prisão domiciliar de Eduardo Cunha

O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), sediado em Brasília, revogou nesta quinta-feira, 6, a prisão domiciliar do ex-presidente...

Visita de Onyx a Pazuello é considerada um erro no Planalto

A notícia de que o general Eduardo Pazuello recebeu o ministro Onyx Lorenzoni nesta quinta-feira — revelada pelo Estadão dois dias depois de o...

Lewandoski rejeita suspender julgamento do governador de SC

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, rejeitou nesta quinta-feira o pedido de um deputado estadual de Santa Catarina para suspender o julgamento do impeachment...

Queiroga pisa em ovos

Do depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na CPI da Pandemia, emergiu a evidência de que ele não tem autonomia para tomar decisões...

Assessor de Bolsonaro critica STF e diz estar pronto para ‘guerra’

Praticamente inseparável de Jair Bolsonaro, o assessor especial do presidente Max Guilherme Machado de Moura fez nesta quinta-feira um ataque direto aos ministros do...