Ditadura da Nicarágua prende 4 candidatos da oposição em 1 semana

O governo autoritário que controla a Nicarágua ordenou a prisão de quatro candidatos da oposição às eleições presidenciais de novembro deste ano em uma semana, abrindo caminho para uma nova reeleição de Daniel Ortega. Somente nesta terça-feira 8 foram realizadas as detenções de dois pré-candidatos: Juan Sebastián Chamorro García e Félix Maradiaga.

Segundo a Polícia Nacional, Chamorro García e Maradiaga foram presos sob a acusação de incitar interferência estrangeira no país. Eles são “investigados pela prática de atos que minam a independência, a soberania e a autodeterminação, incitando a interferência estrangeira nos assuntos internos, apelando à intervenção militar, organizando-se com financiamento de potências estrangeiras para realizar atos de terrorismo e desestabilização”, diz o comunicado sobre a detenção.

Esses crimes estão contemplados na Lei de Defesa dos Direitos dos Povos a Independência, Soberania e Autodeterminação pela Paz, aprovada pela Assembleia Nacional, de maioria sandinista, em dezembro do ano passado.

Chamorro García é sobrinho da ex-presidente Violeta Barrios de Chamorro (1990-1997) e foi detido em casa no sul da capital, Manágua. A residência foi invadida pela polícia, confirmou a equipe de imprensa do político.

O pré-candidato presidencial pela Aliança Cidadãos pela Liberdade tinha sido convocado para ir nesta quarta-feira ao Ministério Público prestar esclarecimentos na condição de representante da Fundação Nicaraguense para o Desenvolvimento Econômico e Social (Funides), um think tank independente que ele dirigiu de 2014 a 2019. Ele foi vice-ministro de Finanças e Crédito Público e secretário de Coordenação e Estratégia do governo de Enrique Bolaños (2002-2007) e também diretor do programa americano Conta Desafio do Milênio na Nicarágua.

Já Maradiaga, que é acadêmico, foi preso depois de prestar depoimento ao Ministério Público. A campanha do opositor afirmou que o carro onde ele estava foi parado logo após ele deixar o local do interrogatório.

Ele é pré-candidato a presidente pela União Nacional Azul e Branca, grupo formado a partir dos protestos contra o regime que eclodiram em 2018. Pouco antes de ser preso, o opositor tinha dito a jornalistas que as acusações contra ele têm motivações políticas.

Outros candidatos presos

Prima de Juan Sebastián e filha de Violeta Chamorro, Cristiana Chamorro, personalidade da oposição com maior probabilidade de ganhar as eleições presidenciais de novembro próximo, foi a primeira candidata a ser presa nos últimos dias. O segundo foi Arturo Cruz, que foi embaixador nos Estados Unidos do governo de Daniel Ortega entre 2007 e 2009.

Com estas prisões, o caminho está aberto para uma nova reeleição de Daniel Ortega como presidente. Ele foi chamado de “ditador” nesta terça-feira pelos Estados Unidos.

Ortega, de 75 anos, voltou ao poder em 2007. O líder sandinista está em seu segundo mandato como presidente da Nicarágua, após coordenar uma junta governamental de 1979 a 1985 e presidir o país pela primeira vez de 1985 a 1990.

(Com EFE)

Ultimas notícias

Avanço de variante Delta levanta alerta em Israel sobre nova onda de casos

Pelo segundo dia seguido, Israel ultrapassou a marca de 100 novas infeções pelo coronavírus. Na segunda-feira, 21, foram 125 pessoas, o maior número em...

Quem é o escolhido de Bolsonaro para comandar o Meio Ambiente

Decreto do presidente Jair Bolsonaro publicado há pouco em edição extra do Diário Oficial da União oficializou a demissão, a pedido, de Ricardo Salles...

Criador do antívirus McAffe é encontrado morto em prisão de Barcelona

John McAfee, criador do programa de antivírus para computadores que leva seu sobrenome, foi encontrado morto nesta quarta-feira, 23, em uma cela em Barcelona,...

‘Governo vai desmoronar’, diz Aziz às vésperas de depoimento sobre Covaxin

Presidente da CPI da Pandemia, o senador Omar Aziz (PSD-AM) disse a interlocutores estar convicto de que a comissão de inquérito chegou enfim a...

Mudanças climáticas farão milhões de vítimas, diz relatório da ONU

Um esboço de um relatório do Painel Intergovernamental sobre as Mudanças Climáticas (IPCC), um órgão de caráter consultivo da Organização das Nações Unidas para...