‘Só um milagre salva o Peru do Foro de São Paulo’, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (9) que só um “milagre” pode salvar o Peru da vitória de Pedro Castillo à presidência do país.

Candidato de esquerda, Castillo tem 50,19% dos votos válidos, contra  49,79% da rival, Keiko Fujimori, segundo o órgão eleitoral peruano. Até o início da noite desta quarta-feira, 99,79% das urnas foram processadas. 

A declaração de Bolsonaro foi feita durante uma cerimônia com pastores evangélicos em Brasília. “Agora perdemos o Peru. Peço um milagre para reverter, e que o Fórum de São Paulo não volte àquele país”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro também comparou a situação do Peru com a da Argentina ou da Venezuela. Citou ainda o Chile entre os países da América do Sul que estão se inclinando para a esquerda.

“Veja para onde foi a nossa Venezuela, um país muito rico. Veja para onde está indo nossa Argentina. Além disso, apenas um milagre pode salvar a Argentina. Veja a Constituinte no Chile ”, disse.

Ultimas notícias

Osmar Terra deve prestar depoimento na CPI da Covid nesta terça-feira

O ex-ministro da Cidadania e deputado Osmar Terra (MDB-RS) presta depoimento nesta terça-feira, 22, na CPI da Covid-19. Ele é apontado como um dos...

Barroso mostra auditoria de urnas a deputados da comissão do voto impresso

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, se reuniu nesta segunda-feira, 21, com deputados federais para apresentar o funcionamento do...

Mais candidato do que nunca, Lula avisa que rodará o país

Em live em comemoração aos 80 anos do vereador de São Paulo Eduardo Suplicy (PT), Lula mostrou que é mais candidato do que nunca...

Após novo ataque de Bolsonaro, Pacheco sai em defesa da imprensa

Depois de mais um rompante autoritário de Bolsonaro contra a imprensa, o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (DEM-RO), veio à público apresentar um contraponto...

Bolsonaro terá que explicar declarações sobre fraudes a urnas ao TSE

O corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Felipe Salomão, determinou nesta segunda prazo de 15 dias para que Bolsonaro e outras autoridades que...