Terremoto de magnitude 6,4 atinge a Argentina

Um terremoto de magnitude 6,4 atingiu a província de San Juan, no oeste da Argentina, próximo da fronteira com o Chile, na noite desta segunda-feira 18. Ao menos três pessoas ficaram feridas, entre elas duas crianças.

Segundo o jornal argentino Clarín, o tremor foi sentido em diversas regiões do país, como nas províncias de Mendoza, Córdoba, Santa Fé, La Rioja e Buenos Aires, inclusive em bairros da capital. Internautas relataram ainda ter sentido efeitos do terremoto no Rio Grande do Sul e até em São Paulo.

O epicentro do terremoto ocorreu às 23h46 (horário de Brasília) a 29 km a sudoeste da região de Pocito e a 20 km de profundidade, de acordo com o Instituto Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês). Uma série de tremores de magnitude inferior, entre 4,0 e 5,3, foram registrados nos minutos seguintes.

O governador de San Juan, Sergio Uñac, afirmou que os danos ainda precisam ser avaliados. Nas redes sociais, moradores compartilham vídeos de grandes rachaduras deixadas em ruas e rodovias.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Aprendiz de Chávez

Editorial de O Estado de S. Paulo (6/3/2021) Paulo Guedes é ministro da Economia, mas se dá melhor como comentarista de economia. Como se não...

Comitiva que irá a Israel por spray anti-Covid mira acordos para vacinas

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu neste sábado, 6, com a comitiva brasileira que embarcará para Israel para participar de encontros que, entre outros...

Barroso no Manhattan Connection: de tirar o boné (por Vitor Hugo Soares)

De tirar o boné a entrevista do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, na nova fase do programa Manhattan Connection, agora na...

Senador Flávio Bolsonaro se diz alvo de uma nova conspiração

Como o presidente Jair Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) se diz vítima de uma conspiração. A queixa da vez do Zero Um é...

Insanidade e falta de lucidez (por Cristovam Buarque)

Esta semana comprovou que o presidente não é sano e que a oposição não é lúcida. Em um gesto irresponsável, de voluntarismo e capricho infantil,...