Última estátua de Francisco Franco em solo espanhol é removida

A última estátua do ditador Francisco Franco que restava em solo espanhol foi removida nesta terça-feira, 23. Um dia após a Assembleia de Melilla aprovar a retirada do monumento, funcionários da Cidade Autônoma, no Norte da África, tiraram-na do pedestal onde ficava.

A decisão foi aprovada na segunda-feira por 14 votos contra um, além de dez abstenções. Apenas o partido de extrema direita Vox votou contra a medida, argumentando que a estátua celebrava o papel militar de Franco e não sua ditadura, de modo que a Lei da Memória Histórica, um estatuto de 2007 que pede a remoção de todos os símbolos ligados ao regime de Franco, não deve ser aplicada.

Criada pelo escultor Enrique Novo Álvarez, a estátua foi erguida em homenagem a Francisco Franco. Comemorava seu papel como comandante da Legião Espanhola na Guerra do Rif, em 1921, um conflito travado pela Espanha e pela França contra as tribos berberes da região montanhosa no Marrocos.

O monumento foi instalado em 1978, três anos após a morte do ditador, e não passou sem polêmica. Em 2005, mudou-se do local onde se encontrava inicialmente, o Paseo del General Macías, devido a algumas obras, embora tenha sido realocado dias depois ao pé da Muralha Florentina. Desta vez, a retirada será permanente.

“Este é um dia histórico para Melilla”, disse Elena Fernandez Trevino, responsável pela educação e cultura no enclave, na segunda-feira, depois que a assembleia local votou pela derrubada da estátua, apontando que era “a única estátua dedicada a um ditador ainda na esfera pública na Europa”.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

As diferenças entre Bolsonaro e Boris Johnson no enfrentamento da pandemia

O que há em comum e o que separa Jair Bolsonaro de Boris Jonhson? Em comum, há o fato de o primeiro-ministro do Reino Unido...

A politica fiscal e o precipício

Nos próximos dias, o Congresso Nacional deve aprovar uma emenda constitucional que embasará o restabelecimento do auxílio emergencial. Nada mais justo, num momento de...

As dívidas do Detran do Rio com prestadores de serviços

As dívidas do Detran do Rio com prestadores de serviços já somam aproximadamente 70 milhões de reais. Há casos em que os atrasos de...

Lira e o pé esquerdo

Vitorioso no público interno, Arthur Lira como presidente da Câmara vem colecionando derrotas em decorrência da grita do público externo. É a sina de...

‘É preciso parar esse cara’

Editorial de O Estado de S. Paulo (2/3/2021) O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) foi enfático: “É preciso parar esse cara”, disse, em entrevista ao Estado, referindo-se...