Pesquisas: Bolsonaro vai de mal a pior

Não é a primeira vez que esta coluna analisa as pesquisas de popularidade mostrando como o presidente Jair Bolsonaro vem perdendo apoio em consequência dos seus próprios erros: seja na condução da pandemia, seja na condução da economia.

Nesta terça-feira, 17, pesquisa XP-Ipespe mostra que a popularidade do seu governo continua em queda. Como mostrou o Radar, depois de chegar a 52% de “ruim e péssimo” na rodada de julho, a pesquisa de agosto mostra agora que esses são 54%.

A insatisfação vem acompanhada de uma piora real na percepção da direção da economia. O grupo dos que veem a economia no caminho errado, que diminuíram a partir de abril, cresceu novamente 4 pontos percentuais e chegou a 63%,

É muito fácil notar que se Bolsonaro tivesse investido na vacinação em massa, e não na imunidade de rebanho e no tratamento precoce, a economia estaria vivendo um movimento em V – uma queda exponencial, mas seguida de uma subida vertiginosa.

Empacamos por responsabilidade do líder do executivo e da escolha política que ele fez de minimizar um vírus que matou mais no Brasil em um ano e meio que o talibã desde o início da guerra no Afeganistão.

Nesse aspecto, vale lembrar a avaliação do competente cientista político Antonio Lavareda, que já ano passado avaliava que em 2022 o eleitor perguntará na hora de votar: “o que você fez por mim na pandemia?”

No caso de Bolsonaro, nada. É por isso que, em matéria de rejeição, 61% dos entrevistados dizem que não votariam em Bolsonaro “de jeito nenhum”. Já os de Lula chegam a 45% dos entrevistados. O atual presidente colhe o que plantou.

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...