A hora da verdade para Kassio Nunes

Chegou a hora da verdade para o ministro Kassio Nunes, do Supremo Tribunal Federal (STF), sorteado para ser o relator do caso que analisará o pedido para abertura de um processo de impeachment contra seu colega, o ministro Alexandre de Moraes – uma iniciativa do senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO). 

Kassio Nunes é o mais novo ministro do STF e internamente já provocou desconforto durante alguns posicionamentos, sempre alinhados com o governo Jair Bolsonaro. 

Agora, no entanto, será o momento de mostrar de que lado está. Se votar a favor da abertura do processo de impedimento contra Moraes, vai satisfazer o governo, mas provocará uma imensa crise institucional no Supremo.

Se recusar a abertura do impeachment, se colocará contra o Planalto, ficando em uma saia justa com o próprio Bolsonaro, que o indicou para ocupar a vaga deixada por Celso de Mello.

Há ainda uma nuance: já existe jurisprudência no STF que classifica a abertura de impeachment como uma decisão política. Ou seja, ele será técnico ou fará o jogo político?

O ministro Alexandre de Moraes é tido como um desafeto de Bolsonaro há tempos. Um dos atritos entre eles foi a decisão do ministro da corte de impedir a nomeação de Alexandre Ramagem, pessoa de confiança do presidente, para assumir o cargo de diretor-geral da Polícia Federal, em abril do ano passado. Na época, Bolsonaro criticou a decisão, chamando-a de monocrática. 

Moraes ainda é relator de dois inquéritos importantes para a cúpula do governo: o que apura notícias falsas e ataques contra ministros do STF, e o que investiga os atos antidemocráticos organizados por apoiadores bolsonaristas.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

O que a CPI da Covid quer de Ludhmila Hajjar

Uma nova participação na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid deve reforçar a tese de que o governo escolhe os ministros da Saúde...

Com Lula na disputa, Ciro fica em empate técnico com Huck, Doria e Amoêdo

A entrada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na corrida presidencial de 2022, permitida pelo Supremo Tribunal Federal ao anular suas condenações na...

Bolsonaro em Porto Velho: ‘Meu Exército, minha Marinha, minha Aeronáutica’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar o isolamento social contra o novo coronavírus adotado por estados e municípios e a ameaçar tomar medidas...

Pesquisa: como ficaria a disputa presidencial de 2022 sem Moro no páreo

Decidido a não disputar a eleição presidencial de 2022, como informou a coluna Radar na edição de VEJA desta semana o ex-juiz e ex-ministro da...

Cláudio Castro mantém silêncio sobre operação de polícia no Rio

Passadas mais de 24 horas da operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro, na favela do Jacarezinho, na Zona Norte da capital, que...