ACM Neto recusa paternidade do novo ministro da Cidadania

Estava tudo acertado entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente do DEM, ACM Neto. Uma vez que os candidatos de Bolsonaro às presidências da Câmara e do Senado fossem eleitos, o ex-chefe de gabinete de ACM Neto, João Roma, seria nomeado ministro da Cidadania no lugar de Onyx Lorenzoni.

Roma é baiano e filiado ao partido Republicanos, que apoiou ACM Neto duas vezes para prefeito de Salvador, e o apoiará ano que vem para o governo da Bahia. Ele e ACM Neto são amigos de longa data. Roma filiou-se ao Republicanos a conselho do ex-prefeito, que costuma distribuir amigos por vários partidos.

Ocorre que a eleição de Arthur Lira (PP-AL) para presidente da Câmara provocou o rompimento entre o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) e ACM Neto. Maia acusa ACM Neto de ter entregado em uma bandeja sua cabeça a Bolsonaro, comprometendo a posição de independência do partido em relação ao governo.

O Republicanos quer Roma como ministro. Roma quer ser ministro. Bolsonaro aceitou nomeá-lo. Agora, é ACM Neto que não quer para não dar razão a Maia.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Desembargador do TRF1 revoga prisão domiciliar de Eduardo Cunha

O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), sediado em Brasília, revogou nesta quinta-feira, 6, a prisão domiciliar do ex-presidente...

Visita de Onyx a Pazuello é considerada um erro no Planalto

A notícia de que o general Eduardo Pazuello recebeu o ministro Onyx Lorenzoni nesta quinta-feira — revelada pelo Estadão dois dias depois de o...

Lewandoski rejeita suspender julgamento do governador de SC

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, rejeitou nesta quinta-feira o pedido de um deputado estadual de Santa Catarina para suspender o julgamento do impeachment...

Queiroga pisa em ovos

Do depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na CPI da Pandemia, emergiu a evidência de que ele não tem autonomia para tomar decisões...

Assessor de Bolsonaro critica STF e diz estar pronto para ‘guerra’

Praticamente inseparável de Jair Bolsonaro, o assessor especial do presidente Max Guilherme Machado de Moura fez nesta quinta-feira um ataque direto aos ministros do...