Bolsonaro interrompe reunião e já espera panelaço

Jair Bolsonaro sabe o que lhe espera nesta terça-feira, 23, à noite, quando irá fazer um pronunciamento em rede nacional de rádio e TV: panelaço.

Ele interrompeu uma reunião com deputados da Frente Evangélica nesta terça-feira à tarde para se preparar para o discurso. O presidente se desculpou com os participantes do encontro, que não constava em sua agenda oficial, e se retirou do gabinete na companhia de Fábio Faria, ministro das Comunicações. Paulo Guedes, ministro da Economia, que também estava presente, continuou a conversa com os parlamentares.

Antes de sair, Bolsonaro disse que iria a público hoje às 20h30 em cadeia nacional de rádio e tv porque o país está muito perto de completar a marca de 300.000 mortes e que iria falar sobre vacina. Acrescentou que já imaginava que haveria protestos e panelaço, mas que a ameaça de manifestações críticas não o faria recuar, como já ocorreu.

Gravata

Durante a reunião, houve um momento descontraído: o presidente gostou da gravata de Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) e pediu para usá-la no pronunciamento. Sóstenes voltou para casa com a gravata de Bolsonaro, e vice-versa.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Nunes Marques é sorteado relator de impeachment de Alexandre de Moraes

O ministro Nunes Marques, do STF (Supremo Tribunal Federal), foi sorteado nesta segunda-feira, 12, relator da ação protocolada pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), que...

Atirador deixa ao menos um morto em escola nos EUA

Uma pessoa morreu e outra, um policial, ficou ferida após a ação de um atirador em uma escola em Knoxville, no estado americano do...

Bolsonarismo, conservadorismo e liberalismo (Por Denis Lerrer Rosenfield)

Jair Bolsonaro, em sua eleição, conseguiu encarnar a força do antilulopetismo, congregando em torno de si três correntes de ideias que, naquele então, apareceram...

Conversinha impublicável

A conversa telefônica entre o presidente Bolsonaro e o senador Jorge Kajuru é espantosa por muitos motivos. Primeiro, claro, pelo teor. O que se ouve...

Transe populista

Editorial de O Estado de S. Paulo (12/4/2021) Há anos o Brasil está entregue ao populismo. Desde pelo menos o final do primeiro mandato do...