Campanha contra o vírus chega com mais de um ano de atraso

Se faltasse prova convincente da omissão do governo Bolsonaro no combate à pandemia da Covid-19, deixou de existir quando ontem, e somente ontem, o presidente autorizou a veiculação no YouTube e em outros canais de informação de uma campanha a favor do uso de máscara facial e do distanciamento social.

Por que só agora, quando já morreram 348.934 pessoas, 3.547 delas nas últimas 24 horas? Já são 79 dias seguidos no Brasil com a média móvel de mortes acima da marca de mil. O país completa agora 24 dias com essa média acima dos 2 mil mortos por dia. E já são duas semanas com a média acima da marca de 2,5 mil.

O uso de máscara foi uma das primeiras recomendações feitas pela Organização Mundial da Saúde quando a pandemia dava seus primeiros passos, assim como o distanciamento social para evitar o crescimento do número de infectados. Bolsonaro ainda desfila por aí sem máscara e aconselha as pessoas a circularem à vontade.

A campanha vai chover no molhado. Não passa de manobra do governo para fazer de conta que sempre esteve alinhado com as melhores práticas de combate ao vírus. Vem tarde. Seria mais barato se Bolsonaro gravasse um vídeo dizendo que a máscara e o isolamento social são imprescindíveis. Por que não grava?

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

O que a CPI da Covid quer de Ludhmila Hajjar

Uma nova participação na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid deve reforçar a tese de que o governo escolhe os ministros da Saúde...

Com Lula na disputa, Ciro fica em empate técnico com Huck, Doria e Amoêdo

A entrada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na corrida presidencial de 2022, permitida pelo Supremo Tribunal Federal ao anular suas condenações na...

Bolsonaro em Porto Velho: ‘Meu Exército, minha Marinha, minha Aeronáutica’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar o isolamento social contra o novo coronavírus adotado por estados e municípios e a ameaçar tomar medidas...

Pesquisa: como ficaria a disputa presidencial de 2022 sem Moro no páreo

Decidido a não disputar a eleição presidencial de 2022, como informou a coluna Radar na edição de VEJA desta semana o ex-juiz e ex-ministro da...

Cláudio Castro mantém silêncio sobre operação de polícia no Rio

Passadas mais de 24 horas da operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro, na favela do Jacarezinho, na Zona Norte da capital, que...