Correção: Servidor aposentado do TCU pode atuar em órgãos públicos

Em referência a nota publicada em 26 de outubro de 2017, segue a correção:

“Ex-chefe de gabinete de ministro do TCU, Ary Braga Pacheco Filho, com formação em Engenharia Civil e Administração de Empresas, aposentado regularmente em novembro de 2015, e por não existir a necessidade de cumprimento de quarentena, presta consultoria a empresas privadas desde aquela data. Por não ser advogado, atua apenas como consultor nas áreas técnicas mencionadas, tendo participado de reunião no TCU, em outubro de 2017, com representantes da ABCR – Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias, com o fim de se viabilizar a realização de seminário de interesse do TCU e daquela entidade privada”

Ultimas notícias

Irã classifica apagão em usina nuclear de Natanz como “ato terrorista”

A usina atômica de Natanz, no Irã, sofreu um blecaute na manhã deste domingo. As autoridades iranianas classificaram o incidente como um ato de...

Grupos religiosos protestam contra decisão do STF sobre cultos e missas

Grupos religiosos fizeram neste domingo um protesto em frente ao Congresso Nacional contra a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de garantir a...

Igreja Católica da Austrália paga indenização milionária a vítima de abuso

Um homem de 58 anos cuja identidade não foi revelada vai receber uma indenização de 1,5 milhão de dólares australianos (cerca de 6,5 milhões...

O que Bolsonaro é, segundo Marta Suplicy

O que disse Marta Suplicy, ex-prefeita de São Paulo, sobre o presidente Jair Bolsonaro em entrevista ao programa  Manhattan Connection, na TV Cultura. https://youtube.com/watch?v=iq_HayFJl30&feature=oembed Mais lidasBrasilBrasilA...

Pandemia não anula a Constituição

Editorial de O Estado de S. Paulo (11/4/2021) Nenhuma circunstância excepcional, nem mesmo a maior crise de saúde em um século, justifica que se ignore...