Criação de CPI da Covid depende de explicações de Pazuello, diz Pacheco

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou nesta terça-feira, 9, que as explicações do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, aos parlamentares — ele foi convidado para ir à Casa na quinta-feira, 11 — irão determinar se há necessidade ou não de abrir uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a ação do governo no combate à pandemia da Covid-19. O convite foi aprovado por unanimidade pelos senadores, mas o ministro não é obrigado a ir.

“É preciso se identificar e ouvir dos ministros quais os motivos, por exemplo, que a cidade de Manaus enfrenta problemas tão graves em razão de uma segunda onda do coronavírus. A CPI é uma outra questão. A estada dele no Senado federal vai contribuir, inclusive, para a avaliação sobre a necessidade ou não de uma Comissão Parlamentar de Inquérito”, disse Pacheco.

O pedido de CPI foi protocolado por senadores na quinta-feira, 4, depois de receber a assinatura de 30 parlamentares, três a mais do que o minimo necessário para a apresentação do pedido à Mesa Diretora. Segundo o autor do requerimento, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), uma ação sistemática do governo federal violou os direitos fundamentais e básicos à saúde e à vida dos cidadãos.

Depois de protocolado, um requerimento de CPI é encaminhado para a Secretaria-Geral da Mesa, lido no plenário e publicado. Somente então, Rodrigo Pacheco tem que pedir aos líderes dos partidos que apontem os membros que irão formar a comissão. Com mais da metade dos indicados definidos, a instalação é feita.

No dia em que o pedido para a CPI da Covid-19 foi protocolado, Pacheco disse que “é importante haver toda e qualquer discussão que seja em torno da pandemia”. “Vamos avaliar só os requisitos da CPI para saber se é caso de instalá-la ou não”, disse. O senador foi eleito presidente da Casa no começo de fevereiro, e a sua candidatura recebeu o apoio do presidente Jair Bolsonaro, mas também de partidos da oposição, como o PT.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Com Covid-19 em alta, nenhum estado consegue a taxa mínima de isolamento

Em meio ao avanço da pandemia da Covid-19 pelo país, todos os estados brasileiros estão longe da taxa mínima de isolamento social de 70%...

A volta do nepotismo

Editorial de O Estado de S. Paulo (8/3/2021) Em mais uma mostra de que estão dispostos a privilegiar seus interesses pessoais e os de seus...

O efeito “Bolsocaro”

Pesquisa da agência mineira Quaest sobre popularidade nas redes sociais captou a ponta do que pode ser um iceberg na condução do governo Bolsonaro...

As palavras que Bolsonaro nunca pronunciará (por Juan Arias)

O vocabulário do presidente Jair Bolsonaro é muito restrito, talvez porque ele nunca tenha lido. Em seu dicionário pessoal só existem insultos, palavras obscenas, ameaças, zombarias....

Caso da máscara de Araújo em Israel: muito mais que um meme pronto 

As cenas que viralizaram do ministro Ernesto Araújo sendo repreendido pela falta de máscara em Israel – e também a diferença da foto, todos...