Decisão da Câmara condena prática bolsonarista que vai além de parlamentar 

 decisão do plenário da Câmara dos Deputados, que manteve a prisão do deputado Daniel Silveira, condenou práticas bolsonaristas que vão além do parlamentar em questão. Foi um expurgo da pregação antidemocrática e do discurso de ódio. Uma defesa forte das instituições que estão sob ataque dos bolsonaristas e do próprio presidente Jair Bolsonaro.

O voto da deputada Magda Mofatto (PL-GO), por exemplo, favorável à manutenção da prisão de Silveira, defensor do Ato Institucional 5 (AI-5) e da destituição de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), gerou surpresa entre alguns analistas da política brasileira.

Ambos são apoiadores do presidente, que volta e meia declara sua simpatia pelo regime ditatorial e faz críticas ao STF, engrossando o coro contra a democracia.

Mesmo sendo da “base bolsonarista”, a relatora do caso não aprovou a conduta do colega, que apareceu em um vídeo fazendo apologia ao Ato Institucional. Pelo contrário, fez um voto com duras críticas à ação de Silveira.

“Meu voto é pela preservação da eficácia da decisão proferida pelo ministro Alexandre de Moraes […] e confirmada à unanimidade pelo plenário do STF”, disse Mofatto, ao proferir seu voto nesta sexta, 19.

Sua conduta reforça que, apesar de alguns políticos tentarem, com frequência, retomar o tema da ditadura e ameaçar as instituições democráticas, ainda pode haver bom senso entre os pares.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Fachin nega pedido de Edir Macedo para retomar ação contra Haddad

Não prosperou, ao menos por enquanto, a tentativa do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, de retomar um processo...

A imunidade, a impunidade e a bandidagem

Editorial de O Estado de S. Paulo (27/2/2021) Um Estado Democrático de Direito protege necessariamente os membros do Legislativo. Não há Congresso independente se os...

“Gato na Tuba” e Petrobras: CVM investiga (por Vitor Hugo Soares)

Eu me lembro da marchinha “Gato na Tuba” ao ler a notícia de que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu o segundo processo...

TCU faz ofensiva contra gastos de 32 procuradores na Lava-Jato

O Tribunal de Contas da União (TCU) prepara uma ofensiva contra 32 procuradores que atuaram nas investigações da Lava-Jato e planeja investigar os gastos...

Em casa ou na escola? (por José Sarney)

Ninguém sabe o mundo que nos espera depois desta pandemia. Teremos que nos adaptar à convivência com um vírus que fará parte das campanhas...