Eleição garantida, gestão de Lira retorna à votação remota na Câmara

Arthur Lira (PP-AL) e seus aliados brigaram com toda força para que a votação da eleição fosse presencial, o que obrigou deputados do grupo de risco comparecerem a Câmara, um local fechado, sem ventilação e aglomerado.

Agora, com a vitória garantida, a gestão Lira irá adotar o sistema híbrido de votação. Ou seja, quem quiser, poderá votar de sua residência, como foi durante todo o ano de 2020.

E haverá um limite de, no máximo, 150 deputados no plenário. Os assessores das lideranças partidárias ficarão nas galerias.

As comissões temáticas vão funcionar alternadamente, entre terça e quinta-feira.

Os servidores também voltarão ao trabalho, com medidas sanitárias a serem adotadas pela Diretoria Geral da Casa.

A Mesa Diretora irá tomar essa decisão à tarde, e será votada pelo plenário.

 

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Rito processual torna improvável que Lula vire ‘ficha suja’ antes de 2022

As ações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que foram enviadas nesta segunda-feira, 8, para a Justiça Federal de Brasília teriam...

‘Vai mexer com todas as peças do tabuleiro’, diz Boulos sobre Lula

Ex-candidato a presidente pelo PSOL, o líder do movimento sem-teto Guilherme Boulos afirmou que a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal...

“Como teve lugar isso que nos aconteceu?”, pergunta Idelber Avelar

Em junho de 2013, multidões irritadas foram às ruas protestar contra um irrisório aumento no preço da passagem dos transportes públicos. Logo ficou claro...

Como ficaria a eleição presidencial com a entrada de Lula na disputa

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria 18% das intenções de votos e perderia apenas para o presidente Jair Bolsonaro, que tem...

Com Covid-19 em alta, nenhum estado consegue a taxa mínima de isolamento

Em meio ao avanço da pandemia da Covid-19 pelo país, todos os estados brasileiros estão longe da taxa mínima de isolamento social de 70%...