Flávio Bolsonaro se filia ao Patriota

Menos de uma semana depois de deixar o Republicanos, o senador Flávio Bolsonaro acaba de comunicar que se filiou ao Patriota. Ele divulgou uma foto ao lado do presidente do partido, Adilson Barroso, exibindo sua ficha de filiação.

Na quarta-feira da semana passada, o gabinete de Flávio divulgou nota informando que Flávio aguardava uma definição do pai, o presidente Jair Bolsonaro, “sobre qual será a nova sigla a qual eles devem se filiar”. O presidente está sem partido desde que saiu do PSL, em novembro de 2019.

“Participei diretamente de sua refundação, em 2018, desde a elaboração de seu Estatuto, com previsão inédita de ser o 1ª partido de direita do Brasil, até a escolha do nome ‘Patriota’. Que Deus nos abençoe nessa nova jornada!”, escreveu Flávio no Twitter , no início da tarde desta segunda-feira.

Ex-Partido Ecológico Nacional, a legenda mudou de nome para abrigar o então deputado federal Jair Bolsonaro na disputa pela Presidência em 2018. Sob articulação do advogado Gustavo Bebianno, morto no ano passado, Bolsonaro acabou indo para o PSL de Luciano Bivar, no começo daquele ano.

Ultimas notícias

Castro, Witzel e Martha Rocha trocam acusações por mortes e vacina no Rio

No dia em que o Brasil ultrapassou a marca de 500 mil mortos por Covid-19, três políticos do Rio de Janeiro bateram boca nas...

Clássicos serão excluídos da biblioteca da Fundação Palmares

Em 1933, os nazistas queimaram montanhas de livros em praças da Alemanha. Entre os desafetos do regime de Adolf Hitler estavam autores como Bertolt...

500 mil mortos e o silêncio do presidente

Quinhentos mil mortos por Covid-19. Silêncio. Comedimento. Reticência. Sigilo. Taciturnidade. Placitude. Indiferença. Boca-de-siri. Aglossia. Sopor. Mudez. Moderação. Moderação? Logo o presidente? Enquanto o país precisava...

Empresários “lançam” Sergio Moro como a candidato a presidente

Um grupo de empresários do Paraná prepara uma campanha em favor da candidatura do ex-ministro da Justiça Sergio Moro à Presidência da República. Segundo...