Governo pode sofrer onda de convocações de ministros na CPI da Covid

Se depender da vontade de membros da CPI da Pandemia da Covid-19, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, não será o único integrante do primeiro escalão do governo Bolsonaro a ser ouvido na comissão no Senado. Dentre os quase 350 requerimentos já apresentados até o momento (e o número só cresce), há pedidos de convocação de outros cinco ministros — e convite de mais um.

Nesta quinta-feira, os senadores que integram o colegiado decidiram convocar Queiroga, seus três antecessores — Eduardo Pazuello, Nelson Teich e Luiz Henrique Mandetta— e o o diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, para depor já na semana que vem.

Nas próximas reuniões da CPI, os senadores devem apreciar pedidos para convocar os ministros Paulo Guedes (Economia), Walter Braga Netto (Defesa), Luiz Eduardo Ramos (Casa Civil), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), os dois últimos revelados pelo Radar. Além deles, o chefe da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, é alvo de um requerimento de convite para falar na comissão, modalidade mais suave por não ser obrigatória.

Caso todos eles sejam aprovados, quase um terço da cúpula do governo Bolsonaro seria levado aos holofotes do Senado.

Além dos ex-ministros da Saúde, também entraram na mira dos senadores o ex-chanceler Ernesto Araújo e o ex-advogado-geral da União, José Levi Mello. Circula ainda entre os parlamentares a possibilidade de convocar também o ex-ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, demitido no fim do mês passado.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Renan sobre Pazuello: “Interrogatório bom busca acusações sobre terceiros”

Investigado por suposta omissão no enfrentamento da pandemia no Amazonas e com uma gestão marcada por polêmicas, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello é...

O futuro de Flávio e da rachadinha nas mãos de Gilmar Mendes

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), pretende apresentar ainda neste semestre seu voto no caso que decidirá qual instância da Justiça...

Frase do dia

“Essa amplíssima prerrogativa de que dispõem às Casas Legislativas, em que pese a sua indiscutível relevância como instrumento de fiscalização e controle da administração...

Bombardeio israelense derruba prédio que abrigava agências de notícias

As agências de notícias Al Jazeera e Associated Press reportarem que um bombardeio israelense derrubou neste sábado, 15, o prédio que abrigava seus escritórios...

Em plena pandemia, o governo não conseguiu prever… a pandemia

O Ministério da Economia encerrou a semana com a produção de um clássico sobre a capacidade do governo de prever e administrar uma crise. Em...