Kit-intubação: Tribunal de Contas manda prefeitura de Recife usar estoque

O Tribunal de Contas de Pernambuco emitiu um alerta de responsabilização e recomendou que a prefeitura de Recife use os medicamentos e equipamentos para o tratamento da covid-19 que estão em seu estoque — alguns dos remédios fazem parte do chamado “kit intubação”, em falta em quase todo o país.

A notificação da Corte de contas partiu de denúncias feitas pela deputada estadual Priscila Krause (DEM). Segundo o levantamento da parlamentar, a prefeitura de Recife iniciou 2021 com 471 mil ampolas de sedativo válidas somente até 30 de abril.

De acordo com acompanhamento do gabinete de Krause, a prefeitura fez compras mesmo com materiais em estoque, como é o caso do do anestésico Propofol. Das 591 mil unidades compradas à empresa União Química Farmacêutica em 2020, restam 468 mil unidades que vencem em 23 dias.

Além da recomendação para o uso dos estoques, o Tribunal de Contas de Pernambuco pediu que a secretaria municipal de Saúde preste informações sobre o teor das denúncias.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Bolsonaro questiona Queiroga: ‘Tem doenças que não matam mais ninguém’

O presidente Jair Bolsonaro disse, em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada nesta sexta-feira, 16, que pediu ao ministro da Saúde,...

Entre Lira e Guedes, Bolsonaro escolhe Lira, diz ministro

O prognóstico de um ministro próximo ao presidente Jair Bolsonaro dá a dimensão do potencial de estrago da crise da sanção do Orçamento de...

“Se eu entregar a cabeça do PG, a próxima que vão pedir vai ser a minha”

O presidente Jair Bolsonaro tem ouvido repetidas queixas dos líderes do Congresso sobre o comportamento do ministro da Economia, Paulo Guedes. Desde que, no...

Entidade de delegados ataca interferência política e pede PF ‘republicana’

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) divulgou nota nesta sexta-feira, 16, na qual critica a pressão política sobre a PF, defende...

O vírus da ingovernabilidade no Brasil (por Antônio Carlos de Medeiros)

Uma fonte que acompanha os bastidores do Senado Federal me disse que a situação em Brasília está de vaca não reconhecer bezerro. Um panorama...