Lavouras revela propina de 5 milhões de dólares a Cunha na Suíça

Além de entregar a corrupção na venda de decisões judiciais de desembargadores do TJ do Rio, a propina a governadores e integrantes de todos os poderes, o ex-presidente da Fetranspor José Carlos Lavouras admitiu no acordo fechado com a PGR ter pago uma propina de 5 milhões de dólares ao ex-deputado Eduardo Cunha.

A fortuna foi paga na Suíça, segundo Lavouras, em troca da “aprovação de projetos legislativos afetos à área de transportes interestaduais”. O caso, narrado no anexo 25 da delação de Lavouras, foi despachado pela PGR ao juiz Marcelo Bretas, que toca a Lava-Jato no Rio.

Ultimas notícias

Siga o dinheiro

Bolsonaro sabia. Aliado do governo, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) afirmou ter levado a denúncia sobre um esquema de corrupção envolvendo a compra da...

Projeto sobre exploração de terras indígenas não vai ajudar o Brasil

A Câmara dos Deputados está prestes a votar um projeto de lei que representa um verdadeiro retrocesso para o país. O PL 490/2007, que...

Voto impresso vira batalha em enquete do Senado; não vence a disputa

Uma enquete de 2018 na página do Senado sobre a adoção ou não do voto impresso nas urnas eletrônicas brasileiras figura como a mais...

Bolsonaro volta a ecoar Osmar Terra ao criticar lockdown

Bolsonaro voltou a repetir os argumentos usados pelo deputado governista Osmar Terra para criticar o lockdown. Durante encontro com apoiadores no Palácio da Alvorada, nesta...

Bolsonaro elogia os EUA por investigarem ‘origem do vírus’

Durante conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, nesta quarta, Bolsonaro elogiou os Estados Unidos por investigarem a “origem” da Covid-19. “O Senado americano está...