Lula apela ao movimento Lula Livre, desta vez para ser candidato

Conforme a Folha de S.Paulo, o ex-presidente Lula conversou na última sexta-feira com membros do comitê nacional do movimento Lula Livre e pediu que ele mobilizasse a sociedade em defesa do seu direito de poder disputar as eleições do ano que vem.

Ele não disse que pretende ser candidato. Disse que teme a possibilidade de o Supremo Tribunal Federal decretar a suspeição do ex-juiz Sergio Moro, mantendo, porém, seus direitos políticos cassados devido à sua condenação no processo do sítio de Atibaia.

É o que parece ser a tendência da Segunda Turma do tribunal que julgará na próxima terça-feira a suspeição de Moro no caso do processo do tríplex do Guarujá que resultou na primeira condenação de Lula e que o tornou também inelegível.

Dos cinco ministros da Segunda Turma, dois já votaram contra a suspeição – Edson Fachin e Cármen Lúcia. Dois votarão a favor – Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. O voto de desempate será dado por Nunes Marques, o mais novo ministro do tribunal.

A ocasião servirá para que se decifre um enigma: o presidente Jair Bolsonaro quer enfrentar Lula em 2022 como vários de seus auxiliares insinuam? Ou tem medo de enfrentá-lo como Lula acha que ele tem? Nunes Marques votará como Bolsonaro preferir.

O apelo feito por Lula ao comitê do movimento que o defende revela que Fernando Haddad poderá ser novamente candidato do PT à presidência da República como foi em 2018 – ou não. Uma vez que a Justiça o liberasse, por que Lula não seria candidato?

Foi Lula que há uma semana mandou que Haddad pusesse na rua o bloco de sua candidatura. Haddad está pronto para fazê-lo em viagens pelo país. Mas sabe que só será candidato para valer se Lula não puder ser ou desistir de ser.

Aos seus partidários, Lula nunca diz que será. Já disse que aos 75 anos de idade até os bispos da Igreja Católica se aposentam. Casou-se de novo e está curtindo a vida com a mulher. Repete que seu desejo é tão só fechar sua biografia sem nenhuma mácula.

Continua após a publicidade

Artigo anteriorFrase do dia
Próximo artigoCrime e castigo

Ultimas notícias

Vai ficar tudo por isso mesmo

Este blog, anteontem, perguntou no Twitter: 1.726 mortos pela Covid em 24 horas. Ficará por isso mesmo? Respostas de 1.454 leitores: Não deveria, mas ficará – 62,3% Ninguém...

Quando o abuso nasce no estado: a Lei de Segurança Nacional

A jovem democracia brasileira tem passado por provações nos últimos anos. Quando o próprio presidente do país diz que, se dependesse dele, este “não...

Mansão de Flávio Bolsonaro vira dor de cabeça para seu pai

Mansão de Flávio Bolsonaro vira dor de cabeça para seu pai Por Ricardo Noblat Rapaz treloso É estranho que Flávio Bolsonaro (Patriotas-RJ) tenha comprado uma mansão em...

A nova ofensiva do ex-presidente do PT contra a Lava-Jato

Rui Falcão, ex-presidente do PT, acionou nesta semana o Superior Tribunal de Justiça para que a Procuradoria-Geral da República apure condutas supostamente praticadas por um membro do...

Frase do dia

“Não é pelo leitão, mas pela descontração festiva da mesa farta de altas gargalhadas no mesmo dia em que os cemitérios mais receberam corpos...