‘Maior passada de pano da história’, diz deputada assediada em SP

“Foi a maior passada de pano da história”, resumiu a deputada estadual Isa Penna (PSOL), de São Paulo, ante o resultado do julgamento do colega Fernando Cury (Cidadania) no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa nesta sexta-feira, 5. Por cinco votos a quatro, os parlamentares derrubaram o relatório que pedia seis meses de suspensão por ele ter apalpado a parlamentar no seio durante uma sessão. Com os 119 dias de suspensão determinados pela comissão, Cury não perde os funcionários de seu gabinete, mantendo a verba mensal de 100 mil reais.

“Com uma suspensão acima de quatro meses, Cury não poderia manter o seu gabinete funcionando. Por isso esperávamos os seis meses de punição. O que recebemos foi uma não-punição, uma não-sanção. Temos um deputado que assediou uma mulher deputada, foi filmado, e vai manusear 4,5 milhões de reais em emendas parlamentares. O que esse gabinete vai ficar fazendo? Trabalhando para um mandato que não existe?”, disse.

A parlamentar contou que se sentiu “devastada” quando houve o resultado, uma decisão que rachou o Conselho. Três integrantes pediram para deixar a comissão. “Eu tenho muita tranquilidade porque sei que sou uma mulher forte, não estou na política a passeio, nunca achei que fosse ser fácil, mas me senti devastada. Eu me expus e, na prática, o deputado Fernando Cury não vai ter um arranhão.”

A expectativa da deputada é reverter a decisão no plenário da Assembleia. A votação deve ocorrer a partir do próximo mês. “Não acredito que eles tenham condições de garantir maioria numa coisa tão baixa, em um desrespeito tão grande a tantas de nós. Acho que a impunidade é muito frustrante. Você tem que imaginar que eu sou uma deputada com vídeo do assédio. Imagine o que é você denunciar esse tipo de crime em sua família, no seu trabalho, sem uma prova física.”

A cena em que Cury é filmado tocando a deputada aconteceu durante a votação do Orçamento do estado, em dezembro do ano passado.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Irã classifica apagão em usina nuclear de Natanz como “ato terrorista”

A usina atômica de Natanz, no Irã, sofreu um blecaute na manhã deste domingo. As autoridades iranianas classificaram o incidente como um ato de...

Grupos religiosos protestam contra decisão do STF sobre cultos e missas

Grupos religiosos fizeram neste domingo um protesto em frente ao Congresso Nacional contra a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de garantir a...

Igreja Católica da Austrália paga indenização milionária a vítima de abuso

Um homem de 58 anos cuja identidade não foi revelada vai receber uma indenização de 1,5 milhão de dólares australianos (cerca de 6,5 milhões...

O que Bolsonaro é, segundo Marta Suplicy

O que disse Marta Suplicy, ex-prefeita de São Paulo, sobre o presidente Jair Bolsonaro em entrevista ao programa  Manhattan Connection, na TV Cultura. https://youtube.com/watch?v=iq_HayFJl30&feature=oembed Mais lidasBrasilBrasilA...

Pandemia não anula a Constituição

Editorial de O Estado de S. Paulo (11/4/2021) Nenhuma circunstância excepcional, nem mesmo a maior crise de saúde em um século, justifica que se ignore...