Ministro da Economia toma vacina CoronaVac em Brasília

O ministro da Economia, Paulo Guedes, recebeu a primeira dose da vacina contra Covid-19 neste sábado, em Brasília. A vacina foi aplicada no ministro no posto do drive thru do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

A enfermeira que aplicou a vacina avisou ao ministro que agendou a segunda dose para o dia 25 de abril. Guedes tomou a vacina CoronaVac, fabricada na China e envasada no Instituo Butantã, em São Paulo. O presidente Jair Bolsonaro chamava essa vacina jocosamente de “vachina”.

Em entrevista à TV CNN, o ministro da Economia afirmou que tinha conversado com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e este pediu que ele informasse que o Brasil vacinou 800.000 pessoas nesta sexta-feira dia 26. Queiroga promete vacinar 1 milhão de pessoas por dia nas próximas semanas.

O ministro Paulo Guedes tem 71 anos de idade. Em Brasília, a vacinação para pessoas entre 69 anos de idade e 71 anos de idade começou na última segunda-feira. A capital do país é uma das mais adiantadas na campanha de vacinação.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Flávio Bolsonaro representa contra Kajuru no Conselho de Ética do Senado

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) protocolou nesta segunda-feira, 12, uma representação contra o também senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) no Conselho de Ética da Casa....

Nunes Marques é sorteado relator de impeachment de Alexandre de Moraes

O ministro Nunes Marques, do STF (Supremo Tribunal Federal), foi sorteado nesta segunda-feira, 12, relator da ação protocolada pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), que...

Atirador deixa ao menos um morto em escola nos EUA

Uma pessoa morreu e outra, um policial, ficou ferida após a ação de um atirador em uma escola em Knoxville, no estado americano do...

Bolsonarismo, conservadorismo e liberalismo (Por Denis Lerrer Rosenfield)

Jair Bolsonaro, em sua eleição, conseguiu encarnar a força do antilulopetismo, congregando em torno de si três correntes de ideias que, naquele então, apareceram...

Conversinha impublicável

A conversa telefônica entre o presidente Bolsonaro e o senador Jorge Kajuru é espantosa por muitos motivos. Primeiro, claro, pelo teor. O que se ouve...