Mourão alertou aliados sobre desvantagem de abrigar Bolsonaro no PRTB

Partiu de Hamilton Mourão o seguinte alerta à cúpula do PRTB, seu partido, sobre a desvantagem de abrigar Jair Bolsonaro e seu grupo político para as eleições de 2022: caso aceitasse as condições do presidente, os herdeiros de Levy Fidelix perderiam completamente o controle sobre a legenda fundada há quase 30 anos pelo patriarca, morto em abril em decorrência da Covid-19.

Agora presidido viúva de Levy, Aldineia Fidelix, o PRTB é uma das siglas em tratativas com Bolsonaro para a disputa do ano que vem. No fim de abril, o presidente recebeu três filhos do casal e reforçou a exigência de assumir a legenda por completo, como fez o PSL.

Filiado ao partido desde 2018, meses antes de ser chamado de última hora para ser vice de Bolsonaro, Mourão costuma dizer a quem o pergunta sobre o assunto que não integra a Executiva Nacional da sigla, mas que deixou claro que apoiaria qualquer conclusão para a novela. Ao que tudo indica, não será um casamento com o PRTB.

Ultimas notícias

Castro, Witzel e Martha Rocha trocam acusações por mortes e vacina no Rio

No dia em que o Brasil ultrapassou a marca de 500 mil mortos por Covid-19, três políticos do Rio de Janeiro bateram boca nas...

Clássicos serão excluídos da biblioteca da Fundação Palmares

Em 1933, os nazistas queimaram montanhas de livros em praças da Alemanha. Entre os desafetos do regime de Adolf Hitler estavam autores como Bertolt...

500 mil mortos e o silêncio do presidente

Quinhentos mil mortos por Covid-19. Silêncio. Comedimento. Reticência. Sigilo. Taciturnidade. Placitude. Indiferença. Boca-de-siri. Aglossia. Sopor. Mudez. Moderação. Moderação? Logo o presidente? Enquanto o país precisava...

Empresários “lançam” Sergio Moro como a candidato a presidente

Um grupo de empresários do Paraná prepara uma campanha em favor da candidatura do ex-ministro da Justiça Sergio Moro à Presidência da República. Segundo...