Partido vai ao STF contra reeleição de presidentes de Assembleias

O PROS entrou nesta terça-feira com uma série de ações para questionar dispositivos de normas estaduais que permitem a reeleição de membros das Mesas das Assembleias Legislativas para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente dentro da mesma legislatura.

Nas ações, o partido questiona as eleições do Amapá, Espírito Santo, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Nesta segunda-feira, o ministro Alexandre de Moraes já havia determinado a realização imediata de uma nova eleição para o comando da Assembleia Legislativa de Mato Grosso — e barrou a posse de deputados estaduais que compuseram o órgão, nos mesmos cargos, na legislatura anterior. A decisão foi provocada por um questionamento feito pela Rede.

O PROS pede pede que o Supremo aplique a mesma interpretação da Constituição dada para as mesas da Câmara e do Senado, em dezembro de 2020.

Segundo a legenda, a prática inconstitucional de subsequentes reconduções do mesmo parlamentar à presidência de Assembleias Legislativas está permitindo que deputados estaduais sejam reconduzidos ao cargos de presidente para o período 2021-2023 por até cinco vezes consecutivas.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Bolsonaro questiona Queiroga: ‘Tem doenças que não matam mais ninguém’

O presidente Jair Bolsonaro disse, em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada nesta sexta-feira, 16, que pediu ao ministro da Saúde,...

Entre Lira e Guedes, Bolsonaro escolhe Lira, diz ministro

O prognóstico de um ministro próximo ao presidente Jair Bolsonaro dá a dimensão do potencial de estrago da crise da sanção do Orçamento de...

“Se eu entregar a cabeça do PG, a próxima que vão pedir vai ser a minha”

O presidente Jair Bolsonaro tem ouvido repetidas queixas dos líderes do Congresso sobre o comportamento do ministro da Economia, Paulo Guedes. Desde que, no...

Entidade de delegados ataca interferência política e pede PF ‘republicana’

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) divulgou nota nesta sexta-feira, 16, na qual critica a pressão política sobre a PF, defende...

O vírus da ingovernabilidade no Brasil (por Antônio Carlos de Medeiros)

Uma fonte que acompanha os bastidores do Senado Federal me disse que a situação em Brasília está de vaca não reconhecer bezerro. Um panorama...