‘Patriota é o partido do coração do Bolsonaro’, diz aliado do Planalto

O grupo aliado a Jair Bolsonaro já conversa com a direção do Patriota e prepara o caminho para adesão ao partido.

O presidente já teve dois encontros este ano com o presidente da legenda, Adilson Barroso. A primeira foi no final de janeiro, como revelou o Radar.

O deputado Bibo Nunes (PSL-RS) é um dos aliados do Planalto que está de mala prontas para seguir para o Patriota, no aguardo do comando de Bolsonaro.

“O Patriota é o partido do coração do Bolsonaro. Ele deve mesmo se filiar ao partido, que ele (Bolsonaro) escolheu o nome”, afirmou Nunes.

Em 2017, então deputado federal, Bolsonaro chegou a assinar uma ficha com a promessa de filiação ao Patriota, mas não vingou. Barroso atribui o insucesso da operação a Gustavo Bebianno, ex-braço direito do hoje presidente da República, que desejou o partido de “porteira fechada”, com todos os diretórios estaduais à disposição.

Barroso conta que recusou.

Bibo Nunes acha que o momento agora é outro.

“É um partido pequeno, que não tem caciques e que ficará totalmente sob o comando do presidente”, afirmou  o deputado gaúcho, que pode assumir o comando do Patriota no Rio Grande do Sul, se a parceria for oficializada.

 

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

‘Estamos na mesma página que EUA em relação ao clima’, diz Ernesto Araújo

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que já havia defendido que as relações entre Brasil e Estados Unidos iam muito bem, afirmou nesta...

Dividido, DEM inclui até neutralidade em seu leque de opções para 2022

O DEM colocou o nome de Luiz Henrique Mandetta na rua, com carta branca para o ex-ministro da Saúde articular uma possível candidatura à...

Pesquisa: a diferença entre homens e mulheres na hora de avaliar Bolsonaro

Há uma diferença numericamente bem perceptível entre homens e mulheres na hora de avaliar o governo Jair Bolsonaro e de manifestar a intenção de...

O reverso da diplomacia

Editorial de O Estado de S. Paulo (5/3/2021) Em mais um revés da diplomacia do governo, o candidato brasileiro ao comando da Organização da Aviação...

Da Bailarina da Morte ao Regente da Morte, ou da espanhola a Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro soltou mais uma de suas frases antológicas, daquelas que ficarão para história pelo lado ruim, obviamente, quando os historiadores forem...