PEC da pilantragem

Essa emenda constitucional chamada PEC da imunidade, que seria mais adequadamente qualificada como PEC da pilantragem, é mais que uma reação do Congresso à prisão de Daniel Silveira determinada pelo Supremo Tribunal Federal e mantida pela Câmara.

É, sobretudo, a expressão escancarada do oportunismo de boa parte de suas excelências que aguardavam apenas uma chance para ampliar a imunidade parlamentar às raias da impunidade. A proposta praticamente impede prisões, tira da Justiça a prerrogativa de determinar o local da detenção, restringe ações de busca e apreensão, acaba com a possibilidade de afastamento temporário do congressista de suas funções e, vejam só, afrouxa as regras da lei da Ficha Limpa.

O que tem a ficha limpa a ver com o caso Silveira? Na realidade, nada. Na visão dos defensores da emenda, uma brecha para a passagem da boiada. O senso de urgência no ritmo impresso pela Câmara para a votação da matéria desmascara a existência do truque.

O que ameaça a imunidade de voz e voto parlamentares em vigor há mais de 30 anos? Nada a não ser o desejo de suas excelências de, na eventualidade da necessidade, transitarem à vontade à margem da lei.

Há um jeito melhor de se precaver das ações da Justiça sem desgaste algum: é só andar na linha que nada de mal acontece.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Irã classifica apagão em usina nuclear de Natanz como “ato terrorista”

A usina atômica de Natanz, no Irã, sofreu um blecaute na manhã deste domingo. As autoridades iranianas classificaram o incidente como um ato de...

Grupos religiosos protestam contra decisão do STF sobre cultos e missas

Grupos religiosos fizeram neste domingo um protesto em frente ao Congresso Nacional contra a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de garantir a...

Igreja Católica da Austrália paga indenização milionária a vítima de abuso

Um homem de 58 anos cuja identidade não foi revelada vai receber uma indenização de 1,5 milhão de dólares australianos (cerca de 6,5 milhões...

O que Bolsonaro é, segundo Marta Suplicy

O que disse Marta Suplicy, ex-prefeita de São Paulo, sobre o presidente Jair Bolsonaro em entrevista ao programa  Manhattan Connection, na TV Cultura. https://youtube.com/watch?v=iq_HayFJl30&feature=oembed Mais lidasBrasilBrasilA...

Pandemia não anula a Constituição

Editorial de O Estado de S. Paulo (11/4/2021) Nenhuma circunstância excepcional, nem mesmo a maior crise de saúde em um século, justifica que se ignore...