PIB de pé atrás

Sempre que a chapa de Jair Bolsonaro esquenta ele organiza uma reunião. Daí que marcou para amanhã (07.04) um jantar com vinte pesos pesados do PIB, a fim de desfazer o mau humor manifestado por 500 empresários, economistas, banqueiros e afins em carta aberta com severas críticas ao presidente da República.

Comecemos pela quantidade: vinte convidados contra 500 signatários. Os números falam por si em relação a pesos prevalentes na balança. Sigamos na questão da qualidade: as palavras de Bolsonaro em contraposição aos fatos. Além de todos já devidamente registrados o recente diz respeito à visita do presidente a Bolsonaro no mesmo dia, ou no seguinte à reunião, ao prefeito de Chapecó (SC) para homenageá-lo por sua defesa do uso do tal do “tratamento precoce”.

Haverá condição objetiva do empresariado alterar a desconfiança (para dizer o mínimo) que emprestam a Bolsonaro por causa de um mero jantar? Nem de longe. Portanto, a reunião terá o mesmo efeito de várias outras e levará a lugar algum. Se uma foto vale mais que mil palavras, milhares de fatos valem muito mais que uma foto de convescote montado e dirigido pelo departamento de espetáculos do Palácio do Planalto.

Ultimas notícias

TCU pede que Lewandowski reveja decisão que beneficiou Joesley e JBS

O Tribunal de Contas da União (TCU) pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski que reconsidere duas decisões tomadas por ele...

Centrão ou Guedes: meta de Bolsonaro é não escolher entre um dos lados

Acossado pela pandemia de Covid-19, a crise econômica e a queda de popularidade, o presidente Jair Bolsonaro terá de arbitrar uma disputa entre dois...

A recidiva

Editorial de O Estado de S. Paulo (17/4/2021) O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 8 votos a 3, anular as condenações impostas ao ex-presidente...

Secretaria de Saúde de São Paulo acusa parlamentares de invadirem hospital

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo afirmou, em publicação nas redes sociais, que o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) e os deputados...

Não basta a China (por Cristovam Buarque)

No excelente livro “Brasil, construtor de ruínas: Um olhar sobre o país, de Lula a Bolsonaro” a jornalista escritora Eliane Blum escreveu que: “Como...