Rio de Janeiro: Bolsonaro e Lula têm empate técnico em corrida para 2022

O presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estão empatados tecnicamente na corrida pela Presidência da República em 2022 entre os eleitores do estado do Rio de Janeiro nos dois cenários pesquisados pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 28 de maio e 1º de junho.

No primeiro cenário, com a presença do ex-juiz Sergio Moro e do apresentador Luciano Huck, Bolsonaro tem 34,2% contra 30,3% de Lula – a margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos (veja quadro abaixo).

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);

Na segunda simulação, sem Moro e Huck, Bolsonaro tem 35,2% das intenções de voto contra 32,2% de Lula – os dois continuam, portanto, empatados dentro da margem de erro (veja quadro abaixo).

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);

Rejeição

Tanto Bolsonaro quanto Lula têm rejeições altíssimas, em torno de metade do eleitorado.

Quando o candidato é o presidente, 47,8% dos entrevistados afirmaram que não votariam nele de jeito nenhum enquanto 27% disseram que fariam isso com certeza – outros 22,5% declararam que poderiam votar.

Já com Lula, 49,5% rejeitam totalmente a sua candidatura enquanto 22,2% afirmaram que o escolheriam nas urnas com certeza – outros 26,9% disseram que poderiam votar.

Na eleição presidencial de 2018, Bolsonaro foi bem melhor em seu berço político. Ele teve 59,79% dos votos válidos no primeiro turno e 67,95% no segundo na disputa contra Fernando Haddad (PT).

A pesquisa foi feita por meio de entrevistas pessoais telefônicas (sem o uso de robôs) com 1.530 eleitores de 44 municípios do estado do Rio de Janeiro.

Ultimas notícias

Criador do antívirus McAffe é encontrado morto em prisão de Barcelona

John McAfee, criador do programa de antivírus para computadores que leva seu sobrenome, foi encontrado morto nesta quarta-feira, 23, em uma cela em Barcelona,...

‘Governo vai desmoronar’, diz Aziz às vésperas de depoimento sobre Covaxin

Presidente da CPI da Pandemia, o senador Omar Aziz (PSD-AM) disse a interlocutores estar convicto de que a comissão de inquérito chegou enfim a...

Mudanças climáticas farão milhões de vítimas, diz relatório da ONU

Um esboço de um relatório do Painel Intergovernamental sobre as Mudanças Climáticas (IPCC), um órgão de caráter consultivo da Organização das Nações Unidas para...

Um tiro no Planalto

De duas, uma: ou o Palácio do Planalto tem uma história muito bem contada e comprovada para desmontar a denúncia do deputado Luís Miranda...

Deputado que alertou Bolsonaro sobre Covaxin terá proteção da CPI

Após as entrevistas do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) sobre o alerta que ele e seu irmão fizeram ao presidente Jair Bolsonaro sobre suspeitas...