Rio: governo Cláudio Castro tem desaprovação alta e 17% de ótimo/bom

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), que assumiu o estado em agosto de 2020, com o afastamento de Wilson Witzel (PSC), e que ficou com o posto em definitivo em abril deste ano, após o impeachment do titular, tem a sua gestão mal avaliada, segundo levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 28 de maio e 1º de junho.

De acordo com a pesquisa, 46,1% dos entrevistados desaprovam o seu governo, enquanto 39,1% aprovam – outros 14,8% disseram não saber ou não quiseram responder .

No recorte por segmento, a desaprovação de Castro é maior entre aqueles com ensino superior (53,8%) e entre as mulheres (50,1%). Já as maiores aprovações vêm dos homens (46%) e daqueles que têm apenas o ensino fundamental (44,9%).

Quando a pergunta é sobre como avaliam a gestão, apenas 17,7% a consideram ótima ou boa, quando 32% a classificaram como ruim ou péssima – outros 41,3% disseram que ela é regular enquanto 8,3% não souberam ou não quiseram opinar.

Eleições 2022

Castro vem tocando o governo com o apoio do presidente Jair Bolsonaro, principalmente por meio de seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), e é considerado uma alternativa de candidato do bolsonarismo ao governo do estado em 2022 – outra opção que está sendo estudada é lançar o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello pelo Patriota, partido para o qual deverá ir o presidente da República.

No mesmo levantamento, o Paraná Pesquisas também fez sondagens sobre a eleição em 2022. O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) aparece à frente em três cenários – em um deles está empatado com a delegada Martha Rocha (PDT). Cláudio Castro tem percentuais que variam de 15,6% a 16,7%, variando entre a segunda e a terceira posição dependendo do cenário.

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);” /]

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);” /]

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);” /]

A pesquisa foi feita por meio de entrevistas pessoais telefônicas com 1.530 eleitores de 44 municípios do Rio de Janeiro.

Ultimas notícias

Bolsonaro volta a dizer que indicará evangélico ao STF em evento no Pará

O presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar que vai indicar um evangélico para a vaga de Marco Aurélio Mello no Supremo Tribunal Federal. O...

Em aceno ao PSB, Tabata faz live com França e critica governo Bolsonaro

De saída do PDT, a deputada Tabata Amaral (SP) participou nesta sexta de live com o ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB) sobre...

Barroso autoriza condução coercitiva de Wizard para falar à CPI

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta sexta-feira, 18, a condução coercitiva do empresário Carlos Wizard para depoimento à...

Plenário do STF vai decidir sobre sigilo do Exército no caso de Pazuello

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou nesta sexta-feira para análise do plenário da Corte a ação de partidos da oposição,...

CPI recebe avalanche de e-mails de bolsonaristas

Já atolados com os inúmeros documentos recebidos pela CPI da Pandemia, que já ultrapassaram 1.200 Gigabytes, os técnicos do Senado tiveram que enfrentar uma...