“Se o cabeça da chapa é homem, o vice tem que ser mulher”

“Se o cabeça de chapa [a presidente, governador e prefeito] é homem, o vice tem que ser mulher necessariamente. E vice-versa, como é no México. É muito fácil implementar essa paridade [de gênero].”

(Luciana Lóssio, jurista, ex-ministra do Tribunal Superior Eleitoral (de 2011 a 2017), sobre a necessidade de aumento da participação das mulheres na política, em entrevista ao repórter Ranier Bragon, da Folha de S.Paulo)

*

“É engraçado que quando homem está falando alto, berra, ninguém fala que ele está nervoso. Fala que ele é macho. Quando é a mulher, está nervosa. E nervosa é prima primeira de histeria. Eles querem dizer é isso, que damos ataque, chilique”

(Kátia Abreu, senadora pelo PP de Tocantins, em entrevista à repórter Luiza Souto, do portal Uol, sobre a dificuldade comum às 11 senadoras no Senado, dominado por 69 senadores. Não há mulheres, por exemplo, entre os 11 titulares e 7 suplentes da CPI da Pandemia. Elas frequentam o plenário da comissão, têm direito a voz mas não ao voto)

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Osmar Terra deve prestar depoimento na CPI da Covid nesta terça-feira

O ex-ministro da Cidadania e deputado Osmar Terra (MDB-RS) presta depoimento nesta terça-feira, 22, na CPI da Covid-19. Ele é apontado como um dos...

Barroso mostra auditoria de urnas a deputados da comissão do voto impresso

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, se reuniu nesta segunda-feira, 21, com deputados federais para apresentar o funcionamento do...

Mais candidato do que nunca, Lula avisa que rodará o país

Em live em comemoração aos 80 anos do vereador de São Paulo Eduardo Suplicy (PT), Lula mostrou que é mais candidato do que nunca...

Após novo ataque de Bolsonaro, Pacheco sai em defesa da imprensa

Depois de mais um rompante autoritário de Bolsonaro contra a imprensa, o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (DEM-RO), veio à público apresentar um contraponto...

Bolsonaro terá que explicar declarações sobre fraudes a urnas ao TSE

O corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Felipe Salomão, determinou nesta segunda prazo de 15 dias para que Bolsonaro e outras autoridades que...