Tribunal aceita denúncia e afasta do cargo governador de SC Carlos Moisés

O tribunal de julgamento do pedido de impeachment contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), aceitou parcialmente no fim da noite desta sexta-feira, 26, a denúncia contra ele no caso da compra dos respiradores.

Com isso, Moisés será afastado do cargo a partir da próxima terça-feira, 30. A partir desta data, o estado será comandado pela vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido).

O pedido de impeachment é o segundo contra Moisés e está relacionado à compra de 200 respiradores por R$ 33 milhões com dispensa de licitação, feita no início da pandemia da Covid-19.

Agora, Carlos Moisés será julgado por crime de responsabilidade. Se for condenado, perde o cargo de forma definitiva e Daniela Reinehr assume. O julgamento ainda não tem uma data definida.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Guedes entra no vale-tudo para ficar

O rascunho da Proposta de Emenda à Constituição produzida pelo Ministério da Economia para resolver o impasse sobre a sanção do Orçamento tem o...

Sob pressão internacional, Bolsonaro vai a almoço com diplomata europeu

Pressionado pela comunidade internacional por conta da questão ambiental e do agravamento da crise da pandemia da Covid-19 no país, o presidente Jair Bolsonaro...

Chefe da Secom, Flávio Rocha comunica a ministros que deixará o cargo

Responsável pela Secom, o almirante Flávio Rocha, depois de seguidos problemas na Presidência, bateu o martelo. Vai deixar o órgão que herdou de Fabio...

Ameaçar é crime

Editorial de O Estado de S. Paulo (14/4/2021) O presidente Jair Bolsonaro gosta de falar de liberdade. Em seus discursos, coloca-se como uma espécie de...

Randolfe Rodrigues: ‘A CPI não vai investigar pessoas, mas os fatos’

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) foi o requerente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid-19, que irá investigar o combate à pandemia do...