Um segredo de R$ 8,2 bilhões na folha salarial do governo

Segredos da folha de pagamentos da União estão sendo revelados no debate legislativo sobre a reforma administrativa.

Um deles é que todo mês o governo gasta R$ 863 milhões com salários de servidores contratados para cargos que foram extintos há muito tempo, como:

* Operadores de destilaria, de telex e de videoteipe;

* Açougueiros, barbeiros, encadernadores, chaveiros, recreacionistas e ascensoristas;

* Datilógrafos e afinadores de instrumentos musicais.

Existem 69 mil funcionários federais remunerados em funções como essas, contou à Câmara Leonardo Sultani, secretário de Gestão de Pessoal do Ministério da Economia.

Eles custam R$ 8,2 bilhões por ano.

<span class=”hidden”>–</span>Ministério da Economia, julho 2021/VEJA
spot_img

Ultimas notícias

Renan da Mata comenta sobre sua vida política no Podcast com Jair

Renan da Mata iniciou sua carreira como assessor do ex-deputado federal paranaense Hidekazu Takayama do PSC e, atualmente, tem como foco sua pré-candidatura para...

Brasil chega a 47 casos suspeitos de ‘hepatite misteriosa’ entre crianças

Os órgãos de saúde do Brasil investigam 47 casos suspeitos da chamada hepatite misteriosa. O cenário ainda é de incerteza e a comunidade científica...

Equívoco de Lula

No afã de defender seu candidato a vice, Lula cometeu um grave equívoco. O ex-presidente afirmou em alto e bom som que o ex-tucano...

Escola na Flórida sorteia fuzis, munições e pistolas entre alunos e professores

Uma semana após o tiroteio em uma escola primária no Texas, que causou a morte de 20 crianças e professores, um colégio da Flórida,...

Brasil perde 7,8 mil piscinas olímpicas de água por dia nos sistemas de distribuição

A quantidade da água tratada perdida nos sistemas de distribuição no Brasil representa um volume equivalente a 7,8 mil piscinas olímpicas desperdiçadas diariamente. O...