YouTube remove mais 4 vídeos de Bolsonaro por desinformação sobre Covid-19

O YouTube removeu nesta sexta-feira, 23, mais quatro vídeos do canal oficial do presidente Jair Bolsonaro na plataforma “por violação das políticas de desinformação médica sobre a Covid”.

Na última segunda, uma das tradicionais lives de quinta de Bolsonaro já tinha sido tirada do ar pelo esse motivo. Com isso, já seriam 5 violações em menos de uma semana, o que, segundo a política de uso da plataforma, poderia resultar em suspensão, mas o YouTube explicou que não tomou a medida porque existe um “período de carência”, uma vez que as regras sobre conteúdo com desinformação sobre a Covid na plataforma foram atualizadas recentemente. Com isso, o canal de Jair Bolsonaro foi advertido e deve redobrar a atenção.

Nesta sexta, foram derrubados os vídeos de 9 de julho de 2020, 26 de novembro de 2020, 10 de dezembro e 11 de fevereiro de 2021. Na segunda, saiu do ar o de 14 de janeiro de 2021. Nessas lives, o presidente defendeu o uso de hidroxicloroquina e ivermectina para o tratamento da Covid-19. Esses remédios não têm comprovação médica para combater a doença.

 

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Renan sobre Pazuello: “Interrogatório bom busca acusações sobre terceiros”

Investigado por suposta omissão no enfrentamento da pandemia no Amazonas e com uma gestão marcada por polêmicas, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello é...

O futuro de Flávio e da rachadinha nas mãos de Gilmar Mendes

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), pretende apresentar ainda neste semestre seu voto no caso que decidirá qual instância da Justiça...

Frase do dia

“Essa amplíssima prerrogativa de que dispõem às Casas Legislativas, em que pese a sua indiscutível relevância como instrumento de fiscalização e controle da administração...

Bombardeio israelense derruba prédio que abrigava agências de notícias

As agências de notícias Al Jazeera e Associated Press reportarem que um bombardeio israelense derrubou neste sábado, 15, o prédio que abrigava seus escritórios...

Em plena pandemia, o governo não conseguiu prever… a pandemia

O Ministério da Economia encerrou a semana com a produção de um clássico sobre a capacidade do governo de prever e administrar uma crise. Em...