Bancada Preta mobiliza candidaturas nas eleições municipais

O Brasil é marcado pelo racismo estrutural, o que acaba por limitar o acesso da população negra à serviços básicos como saúde e educação. A fim de promover mudanças estruturais e de olho nas eleições deste ano, a Bancada Preta lançou uma série de iniciativas para fortalecer as candidaturas país afora. A proposta é dar luz às pautas relacionadas à negritude, de modo a combater o racismo manifesto em diferentes formas, como a recreativa e religiosa.

A organização é nacional e já conta com projetos para as eleições 2020 nas cidades de Campinas, Francisco Morato e São Paulo. Na pauta, a construção de uma estrutura de cidade que seja antirracista, o que passa por igualdade salarial, preservação da memória africana, saúde e educação. Nesta etapa, a Bancada pretende alcançar quase 3 milhões de pessoas e fidelizar outras 270.000.

“Pensamos no desenvolvimento de uma tecnologia de comunicação para amplificar as candidatas, candidatos, ativistas e instituições, que compõem a bancada preta, tendo como compromisso fundamental a atuação em territórios constituintes das cidades, caracterizadas por alguns desafios enfrentados por toda a comunidade preta e periférica”, explica Vinicius Pedro, da Frente Favela Brasil.

O movimento surgiu de uma parceria entre a Rede Quilombação, Frente Favela Brasil, Nova Frente Negra Brasileira e Educafro. Tão logo saiu do papel, outras entidades aderiram, como o Movimento Negro Unificado, Reafro e Diálogos Afrurbanos.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...