‘Leão virou rato’, diz Doria sobre carta de Bolsonaro

A carta de “pacificação” divulgada nesta quinta pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem repercutido no cenário político.

“O leão virou um rato. Grande dia”, publicou o governador de São Paulo João Doria (PSDB).

Bolsonaro, como mostrou o Radar, decidiu recuar na sua guerra contra o STF. Adotou nova postura depois de conversar com o ex-presidente Michel Temer (MDB) sobre a necessidade de buscar a pacificação do país.

O presidente divulgou uma nota em que diz ter “vontade” de buscar a paz entre os poderes. “Nunca tive nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar”, diz Bolsonaro.

O comunicado do presidente da República — que animou o mercado e apaziguou aliados — foi recebido com escárnio por desafetos de Bolsonaro.

“Frouxo e covarde”, disparou Rodrigo Maia. “O evento de terça foi um desastre pro Bolsonaro, e a nota agora uma humilhação”, comentou o atual secretário de Projetos e Ações Estratégicas do Governo de São Paulo.

“Li a cartinha do Temer que o Bolsonaro assinou. Será que agora o Temer passa a governar também? Será que vai redigir uma cartinha explicando mansões e rachadinhas? Vai vendo Brasil! Quem votou para ‘mudar tudo isso aí’ faz o que? Espera cartinha para baixar o preço da gasolina?”, publicou o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...