Fintech de crédito imobiliário cresce mesmo com pandemia

A pandemia de coronavírus afetou os setores da economia de diferentes formas. Há quem tenha crescido, apesar dos números nada animadores. É o caso da fintech CrediHome, plataforma digital de crédito imobiliário. A fintech acompanhou o aquecimento do mercado imobiliário durante a crise e viu um crescimento de 446% desde o início do ano.

Entre os serviços estão o financiamento imobiliário e o crédito com garantia imobiliária, também conhecido como home equity, modalidade que permite solicitar um empréstimo com crédito imediato com taxas menores que as oferecidas pelo mercado. Só em volume de financiamentos em comparação a 2019, a empresa teve um crescimento de 346%. Com o home equity, o aumento da demanda pelo produto chegou aos 465%.

“Antes mesmo da quarentena, a CrediHome já oferecia a facilidade de fazer todo o processo de contratação de crédito de forma online. Até o fechamento de um negócio, o cliente não precisaria ir até o cartório porque poderia assinar um contrato à distância”, explica o CEO, Bruno Gama.

A empresa têm apostado em novos produtos que possam atender as necessidades de seus clientes. E uma das demandas crescentes é de investimentos em condomínios, seja para reformas ou melhorias. Com a fintech, o cliente consegue crédito na modalidade de home equity destinado aos síndicos e condôminos.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Senador Romário é submetido a cirurgia em hospital do Rio

O ex-jogador de futebol senador Romário (PL-RJ) foi submetido, nesta quinta-feira, 9, a uma cirurgia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada em...

STF suspende novamente julgamento sobre terras indígenas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu novamente o julgamento que analisa a validade da tese sobre o marco temporal para demarcações de terras indígenas....

Câmara aprova novo Código Eleitoral, mas exclui quarentena a juízes

O texto-base do novo código eleitoral em tramitação na Câmara dos Deputados foi aprovado nesta quinta-feira, 9, pelo plenário da Casa por ampla maioria,...

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

Ter mais tempo livre não aumenta necessariamente o bem-estar

Ter muito tempo livre não é sinônimo de bem-estar. É o que dizem pesquisadores da Universidade da Pensilvânia em estudo publicado no Journal of...