Brasil chega a 47 casos suspeitos de ‘hepatite misteriosa’ entre crianças

Os órgãos de saúde do Brasil investigam 47 casos suspeitos da chamada hepatite misteriosa. O cenário ainda é de incerteza e a comunidade científica busca uma resposta para entender o que tem causado a doença, que acontece sobretudo entre crianças. Inicialmente, especialistas acreditam que a doença tem relação com uma contaminação viral. Como a Jovem Pan mostrou anteriormente, o principal suspeito de ser o agente causador da enfermidade é o adenovírus, que também causa o resfriado. Ele foi encontrado em vários pacientes que apresentam o quadro de hepatite. Algumas suspeitas decaem tanto sobre o SARS-CoV-2, que provoca a Covid-19, mas nada foi comprovado ainda, como destaca a hepatologista Gilda Porta. “Ainda está para determinar se existe essa associação, se existe uma comorbidade maior nessas crianças que têm hepatite aguda grave. Então, a gente ainda não sabe ainda a etimologia dessa hepatite aguda, que pode ser severa, como eles falam, levando à falência do fígado, necessitando de transplante.” Até o momento, o Brasil não tem nenhum caso da enfermidade confirmado, mas 11 Estados já identificaram possíveis diagnósticos: Rio de Janeiro, Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Goiás, Maranhão e Santa Catarina.

A ‘hepatite misteriosa’ tem afetado crianças de 8 meses a 16 anos, sendo que 54% dos casos são em meninos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu alerta sobre a doença há pouco mais de um mês. No mundo, já são 420 diagnósticos e seis óbitos. O pediatra Renato Kfouri destaca que o cenário preocupa, sobretudo pela incerteza de como a doença é contraída. “Será que existe alguma coisa no ambiente ou relacionada a algum medicamento? Esses casos não são relacionados. Já temos centenas deles espalhados em todos os continentes, o Brasil caminha para confirmar alguns casos. Isso tem intrigado a comunidade científica e esperamos que em breve possamos ter respostas para elucidar a causa da hepatite e formas de prevenção”, reforça. O Ministério da Saúde orienta aos profissionais de saúde que suspeitas sejam notificadas imediatamente e informa que os “Centros de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) e a Rede Nacional de Vigilância Hospitalar (Renaveh) monitoram qualquer alteração do perfil epidemiológico, bem como casos suspeitos da doença”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Ultimas notícias

Renan da Mata comenta sobre sua vida política no Podcast com Jair

Renan da Mata iniciou sua carreira como assessor do ex-deputado federal paranaense Hidekazu Takayama do PSC e, atualmente, tem como foco sua pré-candidatura para...

Brasil chega a 47 casos suspeitos de ‘hepatite misteriosa’ entre crianças

Os órgãos de saúde do Brasil investigam 47 casos suspeitos da chamada hepatite misteriosa. O cenário ainda é de incerteza e a comunidade científica...

Equívoco de Lula

No afã de defender seu candidato a vice, Lula cometeu um grave equívoco. O ex-presidente afirmou em alto e bom som que o ex-tucano...

Escola na Flórida sorteia fuzis, munições e pistolas entre alunos e professores

Uma semana após o tiroteio em uma escola primária no Texas, que causou a morte de 20 crianças e professores, um colégio da Flórida,...

Brasil perde 7,8 mil piscinas olímpicas de água por dia nos sistemas de distribuição

A quantidade da água tratada perdida nos sistemas de distribuição no Brasil representa um volume equivalente a 7,8 mil piscinas olímpicas desperdiçadas diariamente. O...